HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

sábado, 20 de agosto de 2016

PAPO DE BOTEQUIM: NOTANDO O "INOTÁVEL"

Toda nação tem suas características e suas carências. O Brasil,  em minha concepção, carece de verdadeiros heróis. Como não os tem, os criam. Os clamores de, independencia ou morte de Don Pedro I as margens do Ypiranga, e o sigam-me os que forem brasileiros de Duque de Caxias na guerra do Paraguai, não são vistos com bons olhos pelos historiadores. E o que dizer de Zumbi dos Palmares, aquele em cuja data da morte é festejada como o dia da Consciência Negra? Um ex-excravo, que libertou-se e num Quilombo montado em Palmares criou um feudo próprio, baseado no trabalho de outros escravizados por ele. Seria ele a semente - como muitos tentam vender - que fez ruir o esquema escravocrata no Brasil? Na verdade o esquema escravocrata que dominou nosso pais, só passou a ser contestado a partir da Declaração dos Direitos da Virginia, datado de 1776, e finalmente levada a efeito por um princesa que queria manter o poder, e usou o abolicionismo como uma última tábua de salvação, para tentar se manter no poder. por isto, fomos o último pais a abolir a escravatura. Somos, macunaímas.

O Brasil, adora criar seus heróis dentro de suas conveniências. Heróis para mim, fora do âmbito dos esportes, são Niemayer, Pitanguy, Villa Lobos,  Portinari, Nelson Rodriges e outros que souberam dar sentido as suas vidas e a de muitos que simplesmente os seguiam. Mas no Brasil, não é o merecimento que vale. o que vale é a comoção e o marketing, afinal ai, até o padinho Padre Cicero quizeram canonizar.

Nossos grandes heróis não vem na verdade da politica, das forças armadas, dos movimentos revolucionários ou mesma da igreja. A grande maioria deles vem dos esportes, Senna, Pelé, Guga, Cielo, Oscar, talvez sejam os mais aceitos por uma população, que tenta até inventar um heroísmo no Neymar, na ânsia de conseguir alguma alegria.

Não quero me tornar enfadonho, - talvez já o sendo - trazendo para este blog, sempre o mesmo assunto. Porém, a negação do mesmo me parece tão absurda, que me faz pensar bastante sobre o assunto. Estarei falando para as paredes?

No turfe o problema é similar. Negamos o óbvio com um cinismo de politico do nordeste. Fazemos de bons cavalos, craques. E não são poucos os que são idolatrados, sem uma razão maior. Não entendo, pois, pouco ganhamos no exterior. Por que esta necessidade de se forjar um herói? Para enobrecer a atividade? Para atrair mais aficcionados? Desculpem, mas não se inventam Itajaras, Much Betters, Duplex, Bal a Balis, Farwells e Immensitys. Eles são o que são, pois, fazem parte daquele grupo que chamo de forças da natureza. Nasceram para isto, e como não tiveram problemas maiores, ou se tiveram souberam como enfrenta-los, acabaram dominando na pista, as ações.

Todavia, nos batidores, existem gente tentando negar tudo que é defendido por alguém como a teoria. Aliás outra característica - esta sul-americana - é denegrir para se valorizar. Venho me batendo neste ponto, desde que recebi a mensagem, com surpresa, - diga-se de passagem -  alguém afirmando que as tribos paternas são um equivoco de conceito. Não se pode a elas se atribuir continuidade. E ai eu faço duas perguntas: primeiro se este conceito for preciso, apaguem as linhas maternas, pois, elas não terão como sustentar uma defesa de transmissão linear. Pretty Polly, é apenas uma coincidência. Uma égua sortuda! E segundo, como explicar por exemplo a supremacia reprodutiva de um link formado por Northern Dancer-Sadlers Wells-Galileo?  Outra coincidência? Como tentar explicar para uma criança de 3 anos de idade que grandes chefes de raça, que já dominaram os mais fortes mercados, como Tourbillon, Hyperion, The Tetrarch, St. Simon, Blandford, já paulatinamente foram perdendo sua força? Eles não se mantiveram, por seus descendentes não terem a força de dominar, como expliquei ontem. A tese de Tésio e da lâmpada. A que limita até três gerações. Não seria a falta de um real mensageiro como Sadlers Wells e Danzig? Por eles serem mensageiros fidedignos de Northern Dancer?

Não isto não poderia valer, já que não há transmissão linear. Um tipo de maça, pode de uma hora para outra cruzada com outra espécie de maça, gerar uma pera... Afinal não existe uma transmissão linear... Não existem dominâncias... aliás não existe nada, Existe o garanhão e o milagre da concepção... 

O fato de produto filhos de uma mesma égua, criados e treinados pelas mesmas pessoas, terem participações completamente diferentes de desempenho clássico em pista, como por exemplo Ghadeer e Duke of Marmelade, não quer dizer nada? É mais uma obra do acaso, da coincidência? E a coincidência de um ser descendente de Northern Dancer e o outro de Hyperion, de alguma forma influenciou estes resultados?  Porque Lyphard foi um sire of sires e Vaguely Noble não? Hoje ambos se encontram quase desaparecidos, mas Lyphard pelo menos aguentou mais uma geração.

Tenham algo em suas cabeças. Nem todos os seguimentos lineares irão funcionar. A maioria será vencida e ultrapassada por outro, que a principio lhe parecia de menos valor. Concordo, plenamente. Mas aceito o fato que os chefes de raça, conseguem levar adiante a transmissão de bons caracteres, também. Talvez por isto sejam considerados chefes de raça - e não estou me referindo a dosagens e outras baboseiras existentes neste mercado fantasioso que acredita no efeito X ou Y.  E ai pergunto a meus botões: quando um chefe de raça é filho de outro e gera um terceiro, fica estabelecida uma corrente linear, que suplanta as demais interviniências, inseridas no processo de cruzamentos, ou isto se constitui em outra obra do acaso?  Não seria o que está acontecendo com Northern Dancer-Sadlers Wells-Galileo? Ou quem sabe, com Northern Dancer-Danzig-Danehill?

Com as linhas maternas acontecem o mesmo. Algumas fustigadas pelo excesso de eletricistas não resistem. Mas para que desapareçam do mapa, serão necessárias três a quatro tentativas em sequência, de maus reprodutores. Aqueles que chamo de eletricistas por serem capazes de cortar a corrente de transmissão. O termo não é meu. Apenas o uso por achar conviniente. Em contra partida posso provar que um grupo de 25 segmentos de familias maternas, neste século - jovem de apenas 16 anos, incompletos - se matém mais ativas que outras. Como explicar se não há uma transmissão linear? E que 18 delas, se revezam entre as melhores pelo número de individuais ganhadores de grupo gerados.Mas como isto pode acontecer, sabedores da existência de mais de 400 segmentos? Não seria esta tal de transmissão linear, que propicia isto? Impossivel se-lo, pois segundo alguns gênios, papagaios de almanaques, ela simplesmente não existe. Nem os sires of sires existem. Na verdade não existe nada, apenas a sorte.

O turfe é uma atividade muito grande que comporta qualquer tipo de pensamento. Agora o que difere estes diversos tipos de pensamentos - alguns antagônicos - são os resultados daqueles que os defendem. Acreditar ou não em uma transmissão linear, seja de tribos ou de familias, é um direito de cada um. A genética - um ciência não exata - funciona assim. O gem de mais força, na grande maioria das vezes impera. E se ele o faz em três gerações seguidas, estabelece uma transmissão linear. Como Sunday Silence-Deep Impact, Northern Dancer-Sadlers Wells-Galileo, Northern Dancer-Danzig-Danehill-Redoutes Choice.

Redoute´s Choice? Não seria um exagero? Talvez, mas com 17 filhos já produtores clássicos eu - se negasse as transmissões lineares - já iniciaria o processo de colocar as minhas barbas de molho. Principalmente se Snitzel continuar a produzir o que vem proiduzindo.

Um parenteses. Sadlers Wells (1981), produziu a quatro bons reprodutores, - o que para mim já é um feito memorável. Um do nível excepcional, Galileo (1998), dois muito bons, El Prado (1989) e Montjeu (1996) e um bom High Chaparral (1999). E mais 25 normais, mas que pelo menos produziram igualmente ganhadores de provas de grupo. Fecho o parênteses e abro uma questão maior. Quando ele deu inicio a se provar como um sire of sires


COMO EL PRADO 
LEVOU ALGUM TEMPO PARA DESLANCHAR
HÁ DE SE ACEITAR O FATO QUE
SADLERS WELLS SÓ PROVOU PODER
DAR CONTINUIDADE POR LINHA ALTA DE SUA TRIBO, 
A PARTIR DOS 15 ANOS DE IDADE

IDADE ESTA QUE MUITOS REPRODUTORES
NEM CHEGAM A COMPLETAR.

Se os criadores tivessem desistido dos filhos de Sadlers Wells, não estariamos aqui falando de Galileo e ele talvez ser o produto de uma transmissão linear. Ou estaríamos? Foram 15 anos e no compto geral uma mãe da familia 1-t por Sir Ivor (linha Royal Charger), uma mãe ba familia 1-n, por Darshaan (linha Never Bend-Nasrullah), uma mãe da familia 1-u, por Top Ville (linha Darius) e uma mãe da familia 9-h, por Miswaki (linha Raise a Native). Onde está a compatibilidade, ou o  nick? Ou o que quer que seja? Não os vejo, mas espero que alguém possa me mostrar. Houve sim uma transposição na capacidade de transmitir a arte de reproduzir bem, que vinha de Northern Dancer, não morreu em Sadlers Wells e se mostrou existente em forma significativa, em quatro de seus filhos.

Agora cheguemos ao âmago da questão. Quem levará esta saga para frente? Os filhos de Galileo, os de El Prado, os de Montjeu ou os de High Chaparral? Pode ser que a transmissão ai termine. Esta era a visão de Tesio. Mas levando-se em consideração o diagrama abaixo, onde a descendência de Sadlers Wells é exposta pela sua produção de individuais ganhadores de grupo, somente na atual temporada, os leitores poderão tirar uma primeira conclusão.

Será Medaglia d'Oro, Kitten's Joy, So You Think, Pour Moi, Tavistock, ou talvez Frankel, que irão dar continuídade? Ou será o filho de não um destes quatro garanhões que levará este barco para frente? Não seria a primeira nem ultima vez. Veja, Tapit, com os A. P. Indys.

SADLER'S WELLS 
.....Barathea
..........Easy Rocking
...............CRADLE ME (Gr.2-AUS)
.....Beat Hollow
..........FLY WITH ME (Gr.3 - FR)
.....Dushyantor
..........PORTO FINO (Gr.1-CHI)
.....El Prado
..........Artie Schiller
...............FLYING ARTIE (Gr.2 - AUS)
...............GOOD STANDING (Gr.1 - AUS)
...............I LOVE IT (Gr.3-AUS)
.........Kitten's Joy
...............CAMELOT KITTEN (Gr.2 - USA)
................DIVISIDERO (Gr.1 - USA)
...............HAWKBILL (Gr.1-GB)
...............OSCAR NOMINATED (Gr.3 - USA)
...............PLEUVEN (Gr.2-USA)
...............SMOKEN KITTEN (Gr.3 - USA)
...............TAAREEF (Gr.3-FR)
..........Medaglia d'Oro
...............ASTERN (Gr.3-AUS)
...............CYRUS ALEXANDER (Gr.3-USA)
...............DURENDAL (Gr.3-AUS)
...............MSHAWISH (Gr.1-AUS)
...............NOSTRADAMUS (Gr.3 - AUS)
...............SONGBIRD (Gr.1 - USA)
...............TESSERA (Gr.3-FR)
...............VALID (Gr.3 - USA)
.....Fort Wood
..........Dynasty
...............ALEXIS (Gr.2-SAF)
...............BELA-BELA (Gr.1 - SAF)
...............ITS MY TURN (Gr.1-SAF)
...............LIEGE (Gr.3-SAF)
...............OLMA (Gr.3-SAF)
...............SOLID SPEED (Gr.2 - SAF)
..........Horse Chestnut
...............JOAN RANGER (Gr.2-SAF)
.....Galileo
..........ALICE SPRINGS (Gr.1-GB)
..........BEACON ROCK (Gr.3-IRE)
..........BONDI BEACH (Gr.3-IRE)
..........CHURCHILL (Gr.3-IRE)
..........Cima da Triomphe
...............BESITOS (Gr.2-ARG)
...............MISSILE TOP (Gr.1 ARG)
..........DEAUVILLE (Gr.3-USA)
......... DECORATED KNIGHT (Gr.3-IRE).
..........FAUFILIER (Gr.3-USA)
..........FOUND (Gr.3 - IRE)
..........Frankel
...............FAIR EVA (Gr.3-GB)
...............QUEEN KINDLY (Gr.2-GB)
..........Heliostatic
...............QUE PESTO (Gr.3-ARG)
..........HIGHLAND REEL (Gr.1-GB)
..........HOUSESOFPARLIAMENT (Gr.3-GB)
..........IDAHO (Gr.1-GB)
..........MIDTERM (Gr.3 - GB)
..........MINDING (Gr.1 - GB)
..........MIZZOU (Gr.2 - GB)
..........MONDIALISTE (Gr.1-USA)
..........New Approach
...............BEAUTIFUL ROMANCE (Gr,2 - GB)
...............ELLIPTIQUE (Gr.1-GER)
...............NEW PREDATOR (Gr.3-GB)
...............POTEMKIN (Gr.3-GER)
...............SWORD OF LIGHT (Gr.1 - AUS)
..........ORDER OF ST. GEORGE (Gr.1-GB)
..........PHOTO CALL (Gr.3 USA)
..........PRETTY PERFECT (GR.3-IRE)
..........PROMISE TO BE TRUE (Gr.3-IRE)
..........Rip van Winkle
...............FIRST IMPRESSION (Gr.3- AUS)
..........Roderic O'Connor
...............EL SHAKLAN (Gr.3 - BRZ)
..........SEVENTH HEAVEN (Gr.1-GB/IRE)
..........SIR ISAAC NEWTON (Gr.3-IRE)
..........Sixties Icon
...............EPSON ICON (Gr.3-GB)
...............NANCY FROM NAIROBI (Gr.3 - USA)
..........Soldier of Fortune
...............REY DEL ROCK (Gr.1-CHI)
..........SWORD FIGHTER (Gr.2-IRE)
..........Teofilo
...............DIPLOMAT (Gr.2 - ITY)
...............HUMIDOR (Gr.3 - NZ)
...............PALENTINO (Gr.1 - AUS)
...............SACRED FIGHTER (Gr.1 - UAE)
..........SPECIAL FIGHTER (Gr.1-UAE)
..........THE GURKHA (Gr.1 - GB/FR)
..........THE UNITED STATES (Gr.1 - AUS)
..........ULYSSES (Gr.3-GB)
..........US ARMY RANGER (Gr.3 - GB)
.....High Chaparral
..........ENAAD (Gr.1-SAF)
..........So You Think
...............GOLD RUSH (Gr.2 - AUS)
..........TIVACI (Gr. 3 - AUS)
.....In the Wings
..........Aderflug
...............IQUITOS (Gr.2-GER)
...............ITO (Gr.2 - GER)
..........Singspiel
...............Lateral
....................UNPARALLELED (GR.2 - SAF)
...............Lohengrin
....................LOGOTYPE (Gr.1-JPN)
...............SINHALITE (Gr.1-JPN)
..........Soldier Hollow
...............IVANHOWE (Gr.3 - AUS)
...............WAI KEY STAR (Gr.3-GER)
.....Mellon Martini
..........GRAND MARTINI (Gr.3 - BRZ)
.....Montjeu
..........Authorized
...............MAYGROOVE (Gr.2 - NZ)
...............SIGNOFF (Gr.3 - AUS)
..........GALLANTE (Gr.1 - AUS)
..........Hurricane Run
...............HAVANA COOLER (Gr.3 - AUS)
...............HURRICANE RED (Gr.3-NOR)
..........Motivator
...............PALLASATOR (Gr.2 - GB)
..........Pour Moi
...............SACRED ELIXIR (Gr.1-AUS)
..........Tavistok
...............HASSELHOOF (Gr.2-NZ)
...............TARZINO (Gr.1 - AUS)
...............TAVAGO (Gr.1 - AUS)
...............VOLKSYOK'N'BARRELL (Gr.1-AUS)
...............WERTHER (Gr.1-HK)
.....Refuse to Bend
..........FRISSON (Gr.1-BRZ)
..........HOMO SAPIENS (GR.2-BRZ)
..........LAFFITE PINCAY (Gr.3-BRZ)
.....Saddex
..........PAS DE DEUX (Gr.3-FR)
.....Sholokhov
..........NIGHT WISH (Gr.3-FR)
.....Sligo Bay
..........GRAN WILL (Gr.1-VEN)
..........LEXIE LOU (Gr.2-CAN)
.....Water Poet
..........King Seraf
...............CAPITAN NEGUS (Gr.3 - VEN)
...............SUPREMO (Gr.1 - VEN)
..........Taconeo
...............PRINCESA SOFIA (Gr.-VEN)

Vejam que comentei sobre Northern Dancer, que é querendo ou não, o mais importante chefe de raça do fim do século passado. Mas em momento algum, foram citados os nomes de Nijinsky. Lyphard ou Nureyev? Hoje, o pouco divulgado Try My Best, parece ser melhor mensageiros, que os três citados, nas provas que requeram velocidade e precocidade, na Gran Bretanha.  Porque esta omissão? Se na verdade são segmentos ainda vivos de reprodutores que excederam na arte de produzir ganhadores de grupo? Vivos, porém cujos os filhos já demonstraram não ter a capacidade de manter um mesmo tipo de transmissão clássica linear. Eu, a torcida do Flamento, a Coolmore já notamos, assim como a Juddmonte Farms e outras fortes investidoras do mercado. Mas como não há transmissão linear, segundo os papagaios de almanaque, tivemos na verdade miragens, de algo que inexiste. Notamos o "inotável".

Desculpem, mas eu ainda sou daquele tempo, que penso quando nada há para se dizer, que a melhor solução é ficar calado, pois, como diria vó Adelina, em boca fechada não entra mosquito.