HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

terça-feira, 2 de agosto de 2016

PEQUENO PAPO DE BOTEQUIM: E TUDO TERMINOU PARA VARIAR EM PIZZA


Em minha maneira de ver, você não precisa tomar um susto, para dar valor a vida. A vida é bela, preciosa e mais do que isto única. Prezerva-la a todo custo é o direito de cada um. Todavia, quando um susto lhe é reservado, você passa a dar mais valor a ela, pois, por um breve espaço de tempo, duvidou que fosse possível voltar a dela participar.

Só os idiotas não dão valor a vida. E apenas os ignorantes a arriscam por nada. O que você pensa a respeito de sua existência tem que ser transferido também ao entorno de si. Aos que o cercam. A todo e qualquer ser que respire, E cavalo, respira.

Vou contar um fato que me foi repassado por alguém que conta da minha mais alta confiança. Omitindo os nomes, pois, a idéia aqui não é acusar A, B. ou C. A idéia aqui é apenas ressaltar como a integridade fisica de um animal, pode ser abalada por um mero detalhe, por uma simples omissão ou um descuido que acha que nada vai acontecer.

Era uma prova de grupo e a defendora das cores desta pessoa que me passou o fato, disse que o segurador veio com a noticia que a potranca havia perdido uma de suas ferraduras. A trouxe a sala da pesagem, e o funcionário de plantão imediatamente passou um rádio para o starter lhe dando ciência do fato, Outrossim, neste interim, o starter já havia iniciado o processo de alinhamento e não deu a minima bola para o fato. Quando, pelas regras, poderia tranquilamente atrasar o pareo e referrar a potranca, ou simplesmente retira-la da prova para não só preserva-la, como também garantir o bem estar das outras que com ela correriam o pareo.

Nada aconteceu na carreira além do prejuízo técnico na atuação da referida potranca. Mas bem que poderia ter acontecido.  E não existe cena mais deprimente do que ver um animal quebrar em pista. O relevante nesta questão é que criou-se um risco, a meu ver, completamente desnecessário. Uma sindicância foi levada adiante, mas como tudo no Brasil, acabou em pizza. Principalmente em Cidade Jardim, onde qualquer despesa maior, passa a ser o centro de um cataclisma.

Vivemos no Brasil, e mais notadamente em nossos mais importantes centros demográficos uma situação de guerra civil. Cada vez o valor de uma vida vale menos. Não existe mais o apreço a aquilo que está em seu redor. Tudo são coisas. Jantar vendo o Jornal Nacional, é testemunhar crimes e mais crimes. Musa o cenário mas a carnificina é a mesma. E o pior, que com o tempo passam a ser apenas noticias, noticiadas entre o prato principal e a sobremesa.  O que não lhe passa pela cabeça, é que pudesse acontecer com você ou com um filho seu. Mas poderia. Nunca deveríamos nos esquecer disto

O nivel de risco a que chegamos é impar. E este fato acontecido em Cidade Jardim, não deve ser único. Outros podem ter sido gerados e a gente fica devendo a Deus o fato de nada de pior, ter acontecido. Isto me envergonha como ser humano. Apavoro-me como turfista. Vivo hoje, em um pais, que tem seus problemas, mas que a vida é considerada importante. Em um turfe, que atrasa uma carreira, tenha ela o peso que tiver, em prol da integridade física de um animal em pista. Enfim, uma outra concepção de consciência moral. Um pais que não elege, algo como o PT.

Cidade Jardim, que vive um momento difícil, que nem aquele famoso edificio carioca, o balança mais não cai, e não pode se dar um luxo de criar ainda mais problemas para si. Tem, na verdade, que tratar a pão de ló, os poucos abnegados proprietários que se mantiveram fiéis ao hipódromo e as suas carreiras. E preferencialmente não deixar que um starter apressado e provavelmente irritado por não estar recebendo, coloque em risco a integridade física de um animal com três ferraduras e a dos outros que estão disputando a mesma carreira.

Hoje a pizza paulista é reconhecida como uma das melhores do mundo. Até os napolitanos aceitam o fato. Mas não creio que um fato como este possa terminar em pizza e ficar assim, o dito pelo não dito. É pobre demais...