HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

domingo, 21 de agosto de 2016

PONTO CEGO: E AS OLIMPIADAS CHEGAM A SEU FINAL


Vó Adelina me ensinou a valorizar tudo que estivesse a minha volta: gente, animais ou coisas. Ela sempre me lembrava, que a gente as vezes só dava valor a algo, ao perder ou estar longe deste algo. Santas palavras.

Esta olimpiada, foi marcante , pelo menos para mim, pois, resgatou meu amor pela cidade em que nasci, me criei, e me fez ser o que sou: o Rio de Janeiro. Que me desculpem os brasileiros que lá não tiveram a sorte de nascer, mas o Rio de Janeiro é lindo. É um estado de espirito, Um energizador de euforia. A casa do Flamengo e do Salgueiro. Logo, diria que fundamental. Evidentemente que a vista áerea é a mais segura, em se tratando de Rio de Janeiro. Açém de estonteante é a mais segura. Até a Rocinha fica interessante na visão de uma lente. O problema e estar nas suas cercanias com os pés no chão...

Acho o Rio luminoso. Tem uma luz especial. As pessoas lá ficam mais alegres. É contagiante. E eu acho que isto influiu na performance dos atletas também. Afinal nestas olimpiadas um grande número de recordes vieram a ser batidos e grandes participações, efetivaram-se. Teria sido a olimpiada de Bolt, de Phelps, de Ledecky, das equipes norte-americanas de basquete de ambos os sexos, das seleções do Brasil de volley e futebol masculino? De Neymar? Não teria tanta certeza, conquanto ao último, mas agradecimentos deveriam ser dirigidos a ele. Enfim, qualquer que tenha sido o atleta vencedor, tenho certeza que no Rio de Janeiro, elevou o espiritos atléticos, a dar mais algo de si. Algo muito especial. A adniração à aquela natureza e aquele povo. 


A alegria nos rostos brasileiros me pareceu merecida. Por segundos, talvez horas, tivemos a nitida sensação que tudo havia passado. Que eramos brasileiros e felizes por se-lo. Estamos tendo momento negros em nossa história. Viemos de uma era Petista, onde Lula, Dilma, Dirceu, simplesmente acabaram com que foi construído pelo plano Real, no governo anterior, a favor de nossa economia. Muito roubo, muita corrupção. No Brasil, milhão a não ser nada. Qualquer contraventor os devolve comos e fossem farelo. A moeda do Brasil passou, de a muito ser, contada em bilhões. E derrepente um alento em tudo isto. Uma explosão de felicidade e por que não dizer de orgulho.

Creio que há muito tempo tempo não tinhamos orgulho de nossa nação. O gol final de Neymar, na disputa em penaltys, simplesmente resgatou nossa vontade de amar a terra em que nascemos e eu agradeço ao Rio de Janeiro por ter sido uma peça, mais do que importante neste processo.


Mas não foi, pelo menos para mim, um sábado apenas olimpico. Foi também turfístico. Ver em uma mesma tarde três dos quatro maiores cavalos em ação nos Estados Unidos, não é um fato de ser conseguido facilmente, a não ser em tarde de Breeders Cup. Califormia Chrome e Beholde, provaram que são supremos. Lideraram um Pacific Classic sem precedentes. Songbird ganhou sua décima carreira, de uma campanha de 10 saídas a pista, e fazendo em Saratoga, algo dificil de ser conseguido: o de vencer o Coaching Club American Oaks e o Alabama, Quando estas duas grandes éguas se defrontarão em pista? Na Breedes Cup Distaff? Espero apenas que não se repita o acontecido entre Zenyatta e Rachel Alexander.

E California Chrome, quando enfrentará Frosted? Sei que o primeiro está em vantagem em relação ao segundo. Outrossim, Frosted evoluíu. Não é mais o mesmo cavalo. Mas por enquanto, acho que California Chrome segue para o Awesome Again (Gr.1), enquando Frosted deverá optar pelo Woodward (Gr.1), mas como só existe uma Breeders Cup Classic, eles hão de se encontrar.

Ontem California Chrome, Beholder e Songbird provaram do que são feitos. Asimn como vários atletas olimpicos. Tenho pena que o volley feminino - tanto na praia quando na quadra - não tenha alcançado o ouro. Teria sido importante, pois, mereciam. No mais a vida continua, eu me mantenho no mesmo apartamento e com o mesmo carro. Mas por algumas semanas, I had at least, fun.