HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

PONTO CEGO: O FENOMENO CHAMADO URBAN SEA

Born to Sea

Sempre houve no mundo, em qualquer atividade que você desejar escolher, um movimento para eleger o melhor. As olimpiadas são um claro exemplo disto. Assim, quando se fala no cavalo do século, embora seja um movimento empirico, tenta-se na verdade coroar-se aquele que melhor desempenhou nas pistas algo que esteve acima de seus adversários.

Poucos são aqueles que tem a oportunidade de viver um século. E você precisaria no minimo nascer 15 anos, antes do inicio de um século e só morrer depois que este século viesse a terminar, para poder fazer uma análise exata de quem foi o melhor para aquele período. Isto deixa de ser empitico e passa a ser utópico. Afinal, acho que 115 anos, uma idade improvavel de ser vivida por um turfista.

Portanto, tento trabalhar no máximo com décadas. E a três das mesmas vejo Urban Sea como um dos maiores fenomenos já aparecidos neste mercado, o de cavalos de corrida. Na década de 90, ela ganhou o Arco, o que fez dela uma das maiores corredoras de todos os tempos. Na primeira decada deste século, ela veio a gerar a Galileo - seu terceiro produto - ganhador dos Derbies da Inglaterra e da Irlanda, além do King George VI e em sequência a mais cinco ganhadores de grupo, sendo um deles, Sea the Stars, igualmente ganhou o Arco. O que fez dela uma reprodutora de altíssimo nivel. Ai chegamos a atual década com Urban Sea sendo a mãe dos dois primeiros colocados nas estatísticas europeias de reprodutores por prêmios ganhos, Galileo e Sea the Stars. O que faz dela uma qualificadíssim dam of sires. Do mesmo nível que selene, Plucky Liege, Scapa Flow, Somethingroyal e outras poucas espalhadas pelo mundo.

Seu filho Black Black Sam Bellamy não pode ser considerado um  reprodutor bem sucedido, porém, Born to Sea, - seu último produto registrado - que impressionou a todos em sua brilhante estréia nos 1,200 metros do Blenheim Stakes e depois veio a ser segundo colocado para o quase triplice coroado Camelot, no Irish Derby (Gr.1), tem seu primeiro filho graduado no hemisfério norte.

A titulo apenas de ilustração Usain Bolt provou ser supremo em 100 e 200 metros. Mas teria ele o mesmo desempenho nos 400? Acho dificil, pois exige-se não só conformação como aptidões distintas. Tendo em vista a forma com que estrous aos 1,200 metros e depois ser segundo nos 2,400 metros do Irish derby (Gr.1) me parece que Born to Sea, seja um cavalo a ser respeitado.

Urban Sea pode não ser a égua de nenhum dos séculos em que viveu, mas tenho certeza que foi uma das melhores nas três decadas que tivemos o ensejo de ve-la viva.