HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

sábado, 27 de agosto de 2016

PONTO CEGO: ROY

A gente acredita no que quizer. Isto é ponto pacifico. É um direito dos sistemas totalitarios eliminar o direito de cada um em acreditar naquilo que quizer. Você passa ter que acreditar naquilo que eles pregam. A isto chamo dogmas. Uma prerrogativa durante séculos, da Igreja católica, que graças a modernidade da mesma, já caiu.

Ai o defensor de dogmas, clama que seu desconhecimento básico das leis da genética, - coisa que ele aprendeu em um almanaque - o fazem a criar coisas que não existem. A estes, respondo, que num sistema democrático, acredita-se no que quizer. Defebde-se a tese que mais lhe convier. Mas na pista são os resultados que decidem quem possa estar mais perto da verdade. E aí a cobra fuma... pois, não são os discursos que decidem as carreiras. São os cavalos.

Voces se lembram do Roy? Claro que sim, afinal ele foi o único reprodutor a ter sucesso no chile, na Argentina e até no Brasil. Não era um cavalo de grande campanha, mas pertencia a uma linha que parece manter-se viva e com uma transmissão linear no tocante a fisico, que não dá para discutir. Você vê Roy, e vê Unbridled, imediatamente pensa ser o mesmo cavalo. Ambos possuem o mesmo equilibrio e o mesmo desenho. E a verdade neste item, não está longe de outro filho de Fappiano, que tivemos no Brasil, chamado Signal Tap.

Pois bem Roy, foi um garanhão de primeira, e aquele que alcançou o melhor resultado entre os reprodutores do sistema de shuttlen no Brasil. Quase, chegou a ser 10% de aproveitamento de seus individuais filhos em provas de grupo. Como todo reprodutor que serviu na América do Sul, seus filhos não foram devidamente aproveitados na reprodução, mas suas filhas o transformaram num bom avô materno. Agora chegou a hora de suas filhas serem segunda mães. E elas estão se revelando muito boas.

São até aqui, na temporada de 2016, sete, os individuais ganhadores de grupo, cuja segunda mãe é Roy,  e estes com seis reprodutores distintos . Dois ganhadores de grupo e sucesso em três países da América do Sul.  Nos Estados Unidos, onde esteve por duas ou três temporadas depois de consagrado, absolutamente nada!

DAY FOR LIFE (Hurricane Cat) 
DEMON MASTER (Wild Event)
HANOMAAN (Yazamaan) 
INVADER (Red Rock Canyon)
LE KEN (Easing Along)
TANTOS ANOS (Mutkaddin) 
TIMBERLINE (Easing Along)

O que que fez Roy ser um bom reprodutor? Dificil se dizer. Eu tenho a minha teoria. Ele tem sete linhas de Frizette e sua segunda mãe Ivy Hackett é imbreed em Frizeur (Frizette) na razão 5x5. Não deixa de ser uma boa tese, vocês não acham?

E já que nos reportamos a Frizeur, aproveito a oportunidade para dizer que gosto muito da combinação Mr. Prospector x Seattle Slew, ambos descendentes da mesma familia, Myrtlewood. Bernardini é um exemplo. Possui 5 linhas de Frizette. Trata-se de um A. P. Indy em mãe Quiet American (Fappiano). Outro exemplo importante é Tapit, um Pulpit (A. P. Indy) em mãe Unbridled  (Fappiano)-