HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

PEQUENO PAPO DE BOTEQUIM: ESCRAVO DE SUAS PALAVRAS...

SEJA DONO DE SEU SILÊNCIO 
PARA NÃO SER ESCRAVO DE SUAS PALAVRAS
desconhecido

POR ISTO APANHO MAS RESISTO
Renato Gameiro

Quem deixou este comentário - o primeiro - para a história, sabia o que estava dizendo. Nunca seria escravo de suas palavras, mas sim da história que o reverencia. Porém a verdade nua e crua, é que a gente tem que ter muito cuidado no que diz e mais ainda no que escreve, pois, você será cobrado se as coisas não acontecerem como você previu. Uma coisa é opinião. Outra coisa uma defesa técnica. Para a opinião sempre haverá a opção de cada um ter a sua, como os narizes. Uma defesa técnica, não. Por isto, reluto a responder a aquele que não sabe ou não quer diferenciar opinião de defesa técnica. A defesa técnica é fruto de uma oesquisa e de uma nálise. Ela pode no máximo estar ligado a um momento. mas naquele momento é aquilo que realmente estºa acontecendo. Opinião é algo pessoal e na maiorias das vezes, pontual.

Eu procuro afirmar coisas que tenham um embasamento técnico e quando é uma questão apenas optativa, faço questão de ressaltar, para que as afirmativas sejam opcionais a quem o lê.

Acho que um reprodutor que produz um número contundente de individuais ganhadores de grupo, em quase a sua totalidade são bons garanhões. Independentemente de onde venha a acontecer. Todavia, em minha maneira de ver, para ele estar naquele degrau acima, tem que ser levado em conta o número de ganhadores de graduação máxima. E ai, onde aconteceu a carreira se torna mais importante. Grupo 1, ´w grupo 1, mais forte em Royal Ascot do que Kranji, mas no último hipódromo é revelado a supremacia que alguém exerce.

Para se ter uma ideia, estamos quase no décimo mes da temporada e apenas 20 reprodutores no mundo, conseguiram gerar no mínimo três ganhadores de grupo 1. E evidentemente que Galileo e Deep Impact são que apresentam os melhores números. Sçao eles, que mais individuais ganhadores de grupo geraram.

O que mais me cativa em Galileo, independentemente dele ser o fenomeno que é, são que seus filhos ganharam provas de graduação máxima em cinco países, de três continentes em ambos os hemisférios. Isto determina um reprodutor a ser chamado de internacional, mesmo sendo ele um produtor de cavalos de excencialmente de grama.

Outros exercem sua superioridade em apenas um mercado. Deep Impacto pode ser assim caracterizado. Embora as incursões de seus primeiros filhos na Europa, principalmente na França, estão sucitando resultados altamente convincentes, a grande maioria de seus filhos ganham no Japão. Isto faria diferença? Isto os fariam reprodutores apenas locais? Não sei, aliás seria de melhor alvitre me manter no meu silêncio, para no futuro não ficar escravo de minhas palavras...