HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

PEQUENO PAPO DE BOTEQUIM: A FORÇA DE FORESTRY

Vocês já sabem como penso. Uma vez pode ser sorte, duas coincidência, mas três, é por que você sabe o caminho. Porém, o que ainda você não sabem, é que quando um reprodutor, seja onde for, alcança seu quinto ganhador de grupo na temporada, ele passa a ter minha atenção, por completo. Volto a repetir, seja onde for e reforço com um adendo, seja ele quem for. Pode ser o filho do Capeta com a com a bruxa da Cinderela. Não importa. Cinco, neste setor, é um número que passa a ser, significativo para mim. E deveria ser, para todos vocês.

Pois é, o quinto filho de Forestry, que hoje se mantém em serviço no Paraná,  obteve uma vitória em um grupo 3 na Argentina.  Pode parecer banal, mas não é, principalmente em se tratando de San Isidro e na distância de 2,400 metros. Porque isto, na minha opinião, deixa de lado a banalidade? Por que é o que procuramos no Brasil. O cavalo que possa chegar a milha e meia no terreno de grama. Ou não é? Ademais, que a stamina é uma carência que se torna, a olhos vistos,  uma constância, cada vez mais flagrante no Brasil.

Quero abrir um parênteses. Quando Know Heights, New Colony, Tignon Lafré e Blush Rambler passam a ser os mais importantes reprodutores para esta distância, creiam-me, alguma coisa está errada no reino da Dinamarca. Quando um reprodutor de quase nenhuma produtividade no hemisfério norte, como Sulamani, passa a assumir literalmente esta função, é que o reino da Dinamarca já está em chamas. Desculpe a critica, mas da mesma forma que no Brasil muitas carreiras são decididas porque alguém tem que ganhar, reforçaria o caldo, completando que nos 2,400m, alguém tem que chegar. É duro se chegar a esta conclusão, mas o turfe não é moleza. Até eu, chego em 2,400 metros, se meus adversários não tiverem uma perna ou dependerem de uma carreira de rodas! Fecho aqui meu parênteses.

Bal a Bali, é um Put it Back que chegou aos 2,400m. Não importa que a turma fosse fraca, que seu treinador seja um eximio maestro nesta distância, e que a constelação astral estivesse a favor deste pupilo do Alvaro Novis. Ele ganhou e o fez em recorde. E muita gente passou a pensar que Put it back, deve servir para a milha e meia, coisa que ainda duvido e para o bem do turfe brasileiro, espero que esteja errado.

No diagrama abaixo apresentado, demonstro quem são em 2016 os ganhadores de grupo de Forestry, bem como são seus netos paternos com esta mesma aptidão.

.....Forestry
..........Discreet Cat
...............DISCREET ANGEL (Gr.1 - PR)
               1,600m - Clasico Augustin Mercado Reveron - Areia - El Comandante                  
..........FANTASTIC FOUR (Gr.3-ARG)
          1,600m - GP. 25 de Mayo de 1810 - Areia -La Plata 
..........FIDEDIGNO (Gr.3-BRZ)
          1,600m - GP, José Carlos e Joçao José de Figueirdo - Grama - Gávea 
..........NASHVILLE TEXAN (Gr.3-GB)
          1,000 m - Clasico Cyllene - Grama ' San Isidro
..........ORPHEUS (GR.3 - BRZ)
          1,600m GP. Presç Antìnio Teixeira Assumpção Neto - Grama - Cidade Jardim
..........QUIZ KID (Gr.3-ARG)
          2,400m - Clasico Progreso - Grama 'San Isidro
..........Shackleford
...............WELLABLED (Gr.3-USA)
               1,400m - Arlington Washington Futurity - Sintetico - AStlington Park

Não vou querer dourar a pilula, pois, este nunca foi o meu feitio. Mas Forestry tem demonstrado importante aceitação à pista de grama e um razoável desempenho em torno da milha. Ele por seu pedigree, tende a ser um grande transmissor de velocidade, já que descende, em ramo direto materno, da égua Sequence, esta a avó de Mr. Prospector e tem somados, em sua estrutura básica e também em sua equação geral genética, cinco nomes dos 10 maiores elementos, comprovadamente - pista e breeding-shed - dotados de velocidade do turfe norte-americano: Storm Cat (seu pai), Dr. Fager (pai de sua segunda mãe) e Bold Ruler (pai de sua terceira mãe). Somando-se a eles, na formação geral de sua equação genética, temos Crimson Satan (pai da segunda mãe de Storm Cat) e Bolero (pai da terceira mãe de Storm Cat) O que lhe faz contribuir - dependendo da égua a ele ofertada - a chegar a distâncias mais alentadas, é o fato de seu avô naterno ser Pleasant Colony - um neto paterno de Ribot e o avô materno de Storm Cat, ser o triplice coroado Secretariat.

O caso de Quiz Boy, que chegou a 2,400m é em minha opinião sui-generis, pois, ele é duplicado em Sequence e Northern Dancer, o que pintaria melhor seu perfil, para provas em torno da milha. Outrossim, quiz o destino que talvez Pleasant Colony, Secretariat e El Gran senor (avô materno de sua mãe), falassem mais forte.

O pedigree é um mapa e creio que o de Forestry, o leva a um tesouro, principalmente se ele vier a ser coberto, no Brasil, com éguas que tenham até a quarta geração, um forte carga de Mr. Prospector. Mas isto é apenas a minha opinião...