HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

terça-feira, 15 de novembro de 2016

PAPO DE BOTEQUIM: CADA DIA UM REMADOR A MENOS

Foram três semans de Brasil. Bagé, Tijucas do Sul, São Jose dos Pinhais, Serra Carioca e São Miguel. Muitos cavalos examinados e muitas considerações a serem feitas, tanto nmas vendas do TNT como nas futuras vendas de potros em 2017.

Uma coisa é certa, nossa falta de genética é flagrante e o melhoramento de nossa constituição morfológica, esta cada vez melhor. Penas que o TNT encerre suas atividades no Brasil. Mesmo, o que não levou para os Estados Unidosm e deixou para ser vendido, tem ainda um valor genético que considero importantes. Três ou quatro cerejas do bolo, e muitas outras éguas acima da média nacional. Gostei de sua geração 2016. O mesmo não posso dizer de sua geração 2015. Mas como vocês sabem, isto é apenas uma questão de opinião.

A geração este ano do Santa Rita da Serra é das melhores. Diria que do nivel do Santa maria de Araras que sempre demonstra seu maior poderio genético dentro de nosso quadro turfístico. Em outros haras visitados, que estão colocando seus potros a venda, na maioria das vezes, existe um ponto de destaque. Quem tem olho, o capta,

Cada vez mais dou valor ao reprodutor nacional, tão abandonado na mente dos investidores. penso que mais vale um cavalo brasileiro que fora de suas fronteiras e quiça de seu hemisfério obteve sucesso contra seus coetaneos internacionais, vale mais do que aquele pedigree charmoso, mas cuja campanha deixa bastante a desejar.

Muita gente deve estar se perguntando. Mas como este cara escreve isto se perdoa nas éguas a campanha? A resposta é simples. Se você quiser ter um filho com os olhos puxados, sendo você um alemão tipico, não case com uma sueca, pois, garanto que o filho pode ter tudo, menos olhos puxados. Em outras palavras, numa união de um cavalo e uma égua, pelo menos um dos dois tem de ter demonstrado classe em pista.

Outro detalhe, o reprodutor pode ser nacional e ter pais estrangeiros, o que normalmente garante uma genética superior. Um que tenha se saido nas pistas brasileiras, com este perfil, é igualmente algo a ser pensado. Falando francamente, em lagoa de piranha, mosquito não dá razante e jacaré nada de costas. Se o dinheiro é curto a solução tem que ser esplendorosa em termos de imaginação.

Rodei o Brasil, fiz a minha short list no TNT, inicei uma outra para os potros a serem adquiridos em 2017, e o mais importante de tudo, visitei alguns estabelecimentos de cria que nada devem ao similar estrangeiro. pena que agora que temos quase todas as ferramentas - menos a genética -estejamos passando por um momento dificil.

Fiquei surpreendido com o que vi em Madalena. Mais gente que no dia do Derby em Cidade Jardim. Evidentemente pelo que consegui ver na telinha da televisão. Porém, o que sinto, é uma inversão de valoes e quando isto acontece, normalmente o final do filme não é bom. Já o vi, em diversas oportunidades, e o enlace final não varia.

O desespero, trás coisas como Trump. Lula, Dilma e Maduro. Eles para mim, representam o principio do fim. E um fim, melancólico. Façamos alguma coisa antes que seja tarde demais. Vamos colocar o que de melhor houver no TNT, dentro de nossas lides, partindo-se de um budget, que não o enforque.

Houve um seleção e creio que existam coisas importantes a serem exploradas a curto e médio prazo. Teremos compradores? Esta é a dúvida do mercado, pois, no TNT a oferta parece ser bem maior que a demanda de nosso mercado, para dois dias de vendas. O haras fecha as portas no dia seguinte das vendas e o que for necessario desmamar, vai para o Fronteira. Complicado para muitos, porém, objetivo para quem está vendendo.

Porque o TNT cerra suas portas? Várias versões e para variar nenhuma delas me interessa. É menos um remador no barco e a corrente contrària nos estã querendo levar para as cataratas. O abismo está perto. Não há contorno. O negócio é remar contra a correnteza e esperar que nenhum outro remador, abandone a embarcação.

Tenho a impressão que o turfe brasileiro é uma versão pequena do gigante adormecido. Por mais que foi feito negativamente nestes últimos 13 anos pelo  PT, o Brasil continua vivo e produzindo, pouco, mas algo. O teste de sobrevivência Cidade Jardim, é crucial, pois, servirá como uma prova que teremos que suplantar, caso o pior venha a acontecer.

Estou no aeroporto na sala da LATAM, ciente que estariamos no caminho certo, se tantas coisas que não entendo, tivessem sido evitadas no Jockey Club de São Paulo. Mas elas aconteceram, e por isto só posso pedir aos que amam esta atividade, paciência e poder de reação