HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

PEQUENO PAPO DE BOTEQUIM: MORRER NUNCA É BOM, MAS TEM AS SUAS VANTAGENS

A sempre opinativa Adelina Gameiro, dizia que a grande vantagem de morrer, é que você tem todos os seus pecados esquecidos e as poucas vantagens enaltecidas. E isto é uma verdade não só brasileira, como me parece ser, uma tendência mundial. Fidel Castro, depois de morto deixou de ser visto, de ditador sanguinário e passou a ser chamado de presidente.  De grande comandante. De lider politico. Ai eu me pergunto, como se ele não ganhou nunca o voto popular e existem mais cubanos fora de Cuba, do que na pequena ilha? Ilusionismo?

O carnaval em Little Cuba, bairro aqui de Miami, foi de altíssimas proporções. Nunca seus moradores demonstraram tanta felicidade, quanto sabado passado. E a festa e o jubilo seguiu por domingo a dentro. E as frases ditas e expostas de maneira alguma enalteciam os feitos de Fidel. Eram criticas e tomdas de um ódio, que só os grandes ditadores são capazes de nitrir contra si. A Fidel Castro, segundo a revista Forbes, é imputado uma fortuna maior que a da Raínha da Inglaterra, que reina, mas não manda e cujos antecessores seus, da idade média, agiram qual Fidel. Com despotismo, arrogância e instintos sanguinários.

Lembro que na história brasileira, o antes ditador e então presidente Getulio Vargas estava prontinho para ser destitído de seu cargo e consequentemente de seu poder - dado diga-se de passagem, legitimamente pelo povo por intermédio de seu voto - quando suicidou-se e imediatamente foi Carlos Lacerda - teoricamente o politico que iria o destituir do poder - que passou a ser o inimigo número 1 das instituições. Morrer nunca é bom, mas também tem suas vantagens, por isto, todos os dias rezo, pela saude e bem estar do Lula e dona Dilma...

No turfe brasileiro, ao contrário da vida real,  um cavalo morre, e ninguém se preocupa em prezervar a sua memória. Imediatamente é transferido para um arquivo de inativos e prontamente esquecido da memória popular. Eu disse no Brasil. Você visita a Juddmonte, a Lanes End, a Claiborne e outros grandes estabelecimentos de cria, e um dos pontos alyos de visita aos locais, são os cemitérios, pois, ali está enterrada a história do turfe e principalmente, daquele estabelecimento. Lembro do Ojo de Agua que enterrava suas grandes matriarcas aos pés dos ciprestes plantados num estilo de corredor, com a lápide de Cyllene dando inicio ao mesmo. É uma imagem que nunca saiu de minha mente, Guardo-a com carinho e sei que ela não deve mais existir, pois, para a Nestlé, deveria ser uma perda de espaço.









Temos que prezevar na memória, alguns grandes cavalos. Eles são a história. Eles são os nosso heróis. Ele são a razão da atividade sobreviver por todos estes séculos.






No mndo, por onde você passar, sejam em hipódromos, tattersalls e haras, sempre terá a oportunidade de encontrará,pelo menos uma imagem, ou placas comemorativas, de um grande cavalo que por ali passou. Este é o legado que grandes cavalos mereceram e ficam para as novas gerações que não os viram correr.

O que apresento nesta nota, de exaltação a aqueles que merecem, são as lápides de grandes cavalos que vieram a servir e morrer na Lanes End, em recente visita que fiz acompanhado dos criadores brasileiros, Ricardo e Rafael Steinbruch. Muitos destes cavalos vi correr, outros apenas falar. Mas creio que todos, sem exceção deixaram sua marca indelevel na história do turfe mundial.