HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

O DIA DAS SELETIVAS

Para mim faltou quem cantasse de galo na parada. E a coisa cada vez me parece mais complicada. Sinto que não temos hoje uma real representatividade nem na milha e meia, como nós é habitual. Eu que já não via com bons olhos esta seletiva para o Latino Americano, depois do desfecho da mesma, fiquei convencido que estamos as portas de talvez mais uma viagem inutil a um pais vizinho. No Chile, só ganha chileno, mas há de se convir, que lá fomos em anos anteriores, e mais de uma vez, com elementos muito mais representativos. Não sei como estarão os chilenos, os peruanos e os argentinos. Nem sei quem os representará, mas não creio que estamos indo para a guerra com algo que realmente possa fazer diferença. Para mim, o GP. Brasil deste ano, provavelmente será o potro que ganhar o Derby.

Nas seletivas para a primeira prova da triplice coroa, nas fêmeas, como era esperado deu Santa Maria de Araras. Algumas eram as representantes deste criatório, mas apenas as reservadas provaram superioridade. Aliás, já se mostrou diferente? La vie Continue, ganhou e passou mal, tão logo cruzou o disco. Acho que dificilmente virá a ganhar de sua companheira, Eleitora, que fez um terceiro com aquele cheirinho, que na próxima estará nas condições ideais para demonstrar sua real superioridade. No No Carolina, pequena em tamanho, mas grande em apresentações, mais uma vez teve uma carreira contrária e mesmo assim corria muito no final. Penso que o Henrique Possolo, realmente estará entre as três, mas acho que aquela que ontem ganhou, será suplantada pelas suas duas adversárias.

Nos machos, continuo achando que o cavalo do Grande Premio Estados do Rio de Janeiro é English Major.  Tinha esta impressão antes da carreira. Depois da mesma, configurou-se quase que uma certeza. El Shaklan, que liderava a turma aos três anos, nada demonstrou provando aquela minha tese que nesta idade o sistema sanfona não ajuda em nada a vida de um corredor. Ou melhor complica a vida de um jovem atleta. Descer de 2,000 para 1,600 tem provado não ser benéfico entre atletas ainda em formação.

Não sou treinador, mas dou minhas opiniões por que que vejo os resultados das carreiras, como estatístico- Avisei a todos os cliente e amigos, para tirar El Shaklan da trifecta. Não que desmereça sua condição. É um belo potro, mas esta carreira ficou mal encaixada depois de uma viagem a São Paulo e um 2,000metros no Rio de Janeiro. Blandi foi um principe no dorso de Edotto, mas não creio que algo tenha ficado realmente esclarecido com o desfecho de ontem. A única coisa que tenho plena certeza, é que os que foram estendidos aos 2,000 metros, voltaram a milha e fracassaram. Seria apenas uma coincidência? Ou o efeito sanfona, é o culpado?

Entre profissionais de treinamento, na milha e meia para variar deu Nahid. Quando não é ele, é o Guinone. Nas potrancas Morgado como quase sempre. E nos potros, Solanez. Alguma novidade? Não creio que nenhuma.

Amigos, não quero ser o dono da verdade, mas pouco compreendi ontem com o que aconteceu. São duas gerações de machos, completamente abertas e sem uma defunição aparente. Isto seria bom? Talvez. Nas fêmeas, a gente tem que se conformar, que na maioria das vezes dará uma reservada do Sta. Maria de Araras. Confesso que nada me impressionou.