HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

quinta-feira, 18 de maio de 2017

PAPO DE BOTEQUIM: QUANDO A STAMINA GERA VELOCIDADE


Foi também em Lingfield, no Chartwell Fillies Stakes (Gr.3), em um hipódromo por quem confesso ter uma certa simpatia. Mix and Migle,  uma irlandesa de quatro anos de idade, demonstrou mais uma vez que a dominância pode ver pelo veio de velocidade como pelo veio de stamina. Estejam, eles no quadrante superior ou inferior de um pedigree.

Seria dificil de se acreditar a principio que uma mãe Dalakhani (Prix de l´Arc du Triomphe e Derby francês), Generous (King George VI and Queen Elizabeth Stakes, Irish and English Derbies), Snow Knight (Derby) e Northern Dancer (Kentucky derby), pudesse a produzir uma égua de tamanha classe nos 1,400 metros. Sendo inclusive neta de uma milheira alongada de excelente carreira clássica no Canadá, Northern Blossom. Todavia, ao notar que seu pai é Exceed and Excel (Danehill) que como seu pai foi um sprinter e reconhecidamente é hoje no breeding-shed, um transmissor de velocidade através da distância, que com um pouco de imaginação, pode até entender


SERÁ QUE ESTAS COISAS 
APENAS ACONTECEM 
EM LINGFIRLD PARK?

Desculpe desaponta-los, mas acontecem em qualquer lugar, pois, o que faz hoje um cavalo chegar com mais assiduidade a esfera clássica no hemisfério norte, é a dominância que alguém dotado em seu pedigree, exerce sobre o outro elemento componente. Seja a stamina sobre a velocidade, ou a velocidade sobre a stamina. Basta saver jpgar com as dominâncias

Porque isto não poderia acontecer também no hemisfério sul? Pois é, para a surpresa de muitos, mas não a minha, já acontece com muita frequência na Austrália e Africa do Sul, com certa frequência na Argentina e no Chile, o que me faz crer que será algo importante a acontecer no Brasil, quando os criadores se imbuirem nesta cruzada. A da velocidade através da distância e deixar um pouco de lado aquele velha batalha - ainda muito vigente - da stamina versus a stamina.