HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

segunda-feira, 24 de julho de 2017

PAPO DE BOTEQUIM: A LINHA NATURAL DE UM CONCEITO

Deveriamos participar de uma sociedade  equilibrada, serena, obediente as leis e com altos propósitos morais. Mas não creio que este tipo de sociedade exista. Nem na Escandinavia. Talvez só na televisão. em filmes antigos de Walt Disney. Outrossim, não precisariamos viver de uma mecanica de aparências, que no máximo coadunam com o politicamente correto, quando isto favorece. Vivemos sim, na maioria das vezes, num estado de estagnação e irrelevancia, e isto no turfe me parece ainda mais preponderante.

Discutimos muito, mas opinamos pouco. E em muitas vezes nos perdemos em picuinhas pessoais, que em nada somam, para o engradecimento do conhecimento. O turfe é uma fonte de continuo aprendizado. Cada resultado, obtido em pista, pode ser um insumo para algo mais dentro da escala de conhecimentos. Algo, que pode se transformar num detalhe que realmente lhe faça a diferença. Temos que saber separar o importante do trivial. E o trivial, daquilo que não o levará a lugar algum. Este é o primeiro passo para abandonar a estagnação e se livrar da irrelevância.

Para mim existem furias que alteram seu modus-vivendi. A de uma mulher traída, talvez seja a pior, porém não acredito que a de Otelo, tenha sido menor. Para mim, a grande furia que sinto é ao contacto com a burrice humana. A incapacidade de pelo menos supor que se possa estar errado, sem que exista uma melhor solução do que aquele que está adotando, galvaniza minhas ações.

Volto a repetir, o que sempre escrevo aqui. No turfe não existem verdades abplutas. Mas existem verdades relativas. Parece.me burrice, simplesmente ignora-las. Rebate-las seria doentio.  Chegaria a casa da anormalidade. Minimizar a importância de um Galileo, de um Dubawi ou até de um Clackson, apenas para provar que Northern Dancer-Sadlers Wells-Galileo, não se trata de um transmissão linear, me parece fora de propósito. Você pode até contestar que I Say-Sayajirao, não se enquadraria neste padrão.  E que Mr. Prospector-Seeking the Gold e Dubai millenium o seja. Aceito, pois, em toda horta existem alfaces e tomates. Todavia, não se demerece um, com o único intuito de priorizar o outro. Apenas deve-se junta-los em uma salada.

Eu acho que Native Dancer-Raise a Native-Mr. Prospector, é também uma prova da existência de uma transmissão linear em tribos. E talvez por isto, seja Mr. Prospector o chefe de raça do qual descendem o maior número de veios classicos do turfe moderno. Suplanta até em números absolutos a Northern Dancer. E também, talvez por estas possiveis transmissões lineares, possamos ter estes dois ramos tão difundidos nos dias de hoje. Vocês acreditam que quase 75% dos ganhadores de provas de grupo de 2,010 aos dias de hoje foram vencidas por cavalos destas duas tribos?  Estamos falando de mais de 14.000 carreiras em 27 distintos países. O que não deixa de ser um universo que deve no minimo ser respeitado.

Números são números, outrossim, a perfeita interpretração dos mesmos lhe pode traçar algumas diretrizes.  E em minha opinião, 
tão importante como a análise dos resultados, está o conceito. Ele o induz ao projeto e o projeto é alimentado pelas análises dos resultados. Esta é a linha natural de raciocinio.