HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

terça-feira, 8 de agosto de 2017

PONTO CEGO: DIZ-ME COM QUEM ANDAS E EU TE DIREI QUEM ÉS.


Esta é uma das muitas frases, proferidas por vó Adelina, que mais me marcaram. Ela disse, quando soube que eu jogava peladas, no morro do Pavãozinho com uma galera que não era das mais santas. Pois, é vejam o caso de Lula. Ele disse que poucos eram os paises que tinham a sorte de ter um politico como o Dirceu. Que era uma honra alguém dividir um palanque com um politico do quilate de Sergio Cabral. Que foi amigo de Chavez nas lutas pelos povos oprimidos e conhecendo Manduro ficou impressionado com a sua capacidade. E que Dilma era o que o Brasil necessitava. E sabem oir que isto é dito? Porque falar é grátis. Necessário apenas ter cordas vocais.

No turfe você ouve muito, e por ser uma ciência inexata, capaz de gerar cada vez mais opiniões de escorregadia destreza. Nunca fui de esconder o jogo, pois, nunca me especializei em tirar docinhos da mão de crianças. Clarice Lispector diria que era como mergulhar na mesma ausência de razões e na mesma obtusa imparcialidade, que eu complementaria como dirigida ao lucro próprio.  

Tudo é complicado no turfe, e é minha obrigação como agente, é de descomplicar, não de justificar. Turfe não é hobby, mas não deixa de ser uma valvula de escape para o dia a dia, conturbado dos negócios. Assim sendo, afirmo como sempre afirmei, que é importante opinar, mas acho necessário ter pelo menos uma base minima de conhecimento. E é esta base minima, que não reconheço na maioria dos opinadores.

Eu me baseio nas observações pessoais e na frieza dos números. Números estes coligidos encima de resultados em provas graduadas, que até que possam me provar ao contréario, são o melhor elemento comparativo para este tipo de insumos.

Nunca, na história desta atividade foi tão importante saber exatamente o que se compra. Comprar por comprar, dificilmente o levará a lugar algum. Se a história é criar, pois, as chances de se comprar potros no Brasil está cada dia diminuido em termos de boas ofertas, acredito que a melhor solução é a caseira. Adquire-se um bom elemento nacional, com fisico, pedigree e campanha, e aí então parte-se para a aquisição das éguas que segundo você ou que o orienta, sejam aquelas que mais poderão ajudar a seu reprodutor. No caso, dos inéditos, muita inspeção para se poder ter firmeza na seleção.

Nada mais tenho a dizer, a não ser justificar minhas opiniões e opções.