HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

quarta-feira, 16 de maio de 2018

PONTO CEGO: QUEM NÃO ARRISCA NÃO PETISCA

ANTES DE MAIS NADA
AVISO AOS NAVEGANTES
QUE ESTA É UMA NOTA 
QUE DEVERIA SER ESCRITA,
NO MINIMO DEPOIS 
DA DISPUTA DO PREAKNESS
QUE A MEU VER SERÁ
O MAIOR OBSTACULO PARA JUSTIFY.
MAS COMO ESTOU COM TEMPO
A ESCREVI AGORA

Alguém tem duvidas que o Pelé foi o maior jogdor de futebol de todos os tempos? Só pode ter, quem na verdade não o viu jogar ou é argentino, mesmo assim de pouca idade e eleitor da Cristina Kitchner. Outrossim não há dúvidas que Garrincha, Maradona, Messi, Zico, todos os Ronaldos da vida, também foram craques. Outrossim, nenhum deles, pode vir a ser considerado o melhor. Pelo menos é assim o que penso. Foram grandes mas tiveram um tamanho. Pelé nunca chegou sequer a ser dimencionado. Assim como Michel Jordan, Mohamed Ali, Babe Ruth e alguns outros

No turfe a coisa ainda é mais complicada, pois, diferentemente do futebol, embora estejamos tratando de eras distintas, correr não é a mesma coisa do que driblar e fazer goals. E nem a questão do tempo final obtido na carreira, pode ser levada a ferro e fogo, pois, os melhoramentos nas pistas e na formação dos profissionais fora delas, sempre favorecerá que recordes sejam batidos e os mais novos competidores chamem mais atenção, com o decorrer do tempo. A gente vê, le, informa-se e mesmo assim fica dificil de estabelecer comparações.


E ainda existe ainda o fato distinto que marca para sempre a vida de quem o protagoniza. Newton Santos, o maior lateral esquerdo que vi jogar e tinha em seu nome a junção de dois gênios da humanidade, isaac Newton e Santos Dumont, não foi chamado a toa de a Enciclopédia do futebol, para aqueles que como eu, o viu jogar. Todavia, é hoje mais lembrado por sua presença de espiito de dar um passo a frente e sair da área, fazendo com que o juiz desse apenas falta a favor da Espanha e não um penalti, como realmente aconteceu e fatalmente nos desclassificaria da Copa. Copa esta, que diga-se de passagem nos sagramos campeões. E assim, passou a ser mais importante a sua presença de espirito do que propriamente do que sua brilhante carreira. Em contrapartida, Domingos da Guia, que segundo meu pai, foi o maior jogador de zaga da história do futebol brasileiro, cometeu um erro na Copa de 54, que marcou o resto de sua carreira, como um domingada pois, deu inicio ao hoje conhecido e decantado baile húngaro. Como se vê o banquete alemão do Mineirão, foi apenas uma coisa repetida, com ainda maiores proporções,



Frankel tem a seu favor uma invencibilidade mais vista pela midia, do que a de Ribot. Mas seria ele melhor do que o produto de Tesio? Acho que na milha, provavelmente, porém, na milha e meia, certamente que não. Mas como o Timefome de um é superior a o do outro fica marcado para quem entrou recentemente no mercado que sim? Não seria mais crivel se ambos os timeformes fossem dados pela mesma pessoa? Quem seria melhor Zenyatta ou Winx nos 2,000 metros? Eu diria que na grama a australiana. No dirt a norte-americana. esta é uma mais fácil pergunta a ser respondida. Mas seria Zenyatta, melhor que Rachel Alexandra? Nenhum de seus respectivos proprietarios teve sequer a coragem de querer saber a resposta. E o mercado deu um horse of the Year, para cada uma.

Isto que faz de provas como a do Arco,  a do King George, o Derby, as Breeders Cups Classic e Tuf e mesmo da triplice coroa norte-americana, situações distintas. O fato de querer ganha-las obriga a proprietarios a responder em pista uma dúvida geral, existente, mesmo pondo em risco a fama já alcançada de seu pupilo.

Pergunto: teremos nesta temporada finalmente uma resposta a uma pergunta que ficou sem resposta ano passado entre Enable e Cracksman? Ou uma vai ficar pela milha e meia, enquanto outro optará pela milha e um quarto?


Por isto a triplice coroa norte-americana e posteriormente a Breeders Cup Classic, são tão prestigiadas, A gente sabe porque Affirmed era melhor que Alydar, Sunday Silence que Easy Goer e porque Secretariat, Seattle Slew e American Pharoah eram melhores do que todos em sua geração. Seria este o caso de Justify?

Aqui mesmo neste blog, cravei Justify, não apenas para ganhar o Kentucky derby, mas sim para ganhar a triplice coroa. Não fiz isto com Real Quiet? Errei na último pulo, por uma cabeça, como no tango, pois a proximidade das provas e a falta de stamina nos pedigrees norte-americanos, incentiva a que uma zebra compareça a disputa, em pelo menos uma das provas. Na grande maioria das vezes, no Derby ou no Belmont. Mas não seria Justify maior no pedaço que Real Quiet? Algo me diz que sim,

Neste longo periodo que acompanho, vi lidimos lideres de suas respectivas gerações, não conseguirem a triplice coroa. Além de Real Quiet, outros como, Spectacular Bid, Silver Charm, Point Given, Afleet Alex, Holy Bull, Spend a Buck, Barbaro e a lista é grande e o mais imprssionante, pelos mais variados motivos. Da quebra ao não comparecimento. Da stamina ao tropeço na hora errada. Do erro humano ao simples fato de não ser o dia. Então porque Justify seria um caso distinto para mim?  Sendo ele filho de um cavalo que nem no Derby explodiu. neto de um que nem disputou a triplice coroa e bisneto de um favoito em Churchill. mas que mancou em e deixou dúvidas oara alguns. mas não para mim. Pois vos digo, que embora Scat Daddy nunva tenha tido, pelo menos a mey conceito, a pinta de ser um triplice coroado, Ghostzapper se fosse mais precoce e se Pulpit não tivesse mancado no Derby, a história hoje poderia ter sido outra. Bastante distinta da que consta nos livros.

Justify por enquanto, pelo pouco que apresentou por si só se credencia a ganhar a triplice coroa. Esta é a minha opinião. E errarei, se acontecer ao contrário, acreitando mesmo assim na possibilidade do acaso. E por que ariscaria meu lindo pescocinho? Acredito que não apenas por sobrar na turma. É a forma como se comporta que me faz acreitar nesta possibilidade, E vou mais longe, não acho impossivel ele ganhando esta triplice corroa, feche o ano com o Travers a Jockey Club e a Classic.  Ai não estariamos falando de Secretariat? Quantos em 1973, acreditaram ser impossivel acontecer o que aconteceu. Principalmente depois de sua terceira colocação no Wood Memorial?



Sei que tudo pode mudar. Aliás, sendo sinsero, nunca imaginei a queda de produção de Arrogate, Porque então seria diferente para Justify, em se tratando do mesmo treinador? Não sei, mas sinto cheiro de triplice coroa no ar e expectactiva de cavalo do ano por ai. 

Não tenho bola de cristal, não pratico voodoo e muito menos ganhei, até aqui, na loteria. Para falar a verdade, nem  me sinto mais preparado do que ninguém. Sonho e erro como qualquer um outro. A única vantagem que possivelmente posso levar, são as horas dedicadas a esta atividade. As minhas são integrais. Porém, sei da imprudência destas minhas palavras e quanto muitos a partir deste momento torcer-ao para que justify não confirme o crédito que a ele está sendo dado por mim. Não me importo. Vó Adelina dizia, como sempre com grande propriedade: quem não arrisca não petisca. E assim, mesmo perdendo uma grande oportunidade de ficar calado e falar depois do ocorrido, acho que não é justo para quem ler ficar com apenas uma meia verdade. mesmo que esta verdade posteriormente não se prove tanta verdade assim.