HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

PONTO CEGO: A LEI DE OFÉLIA

Sempre é bom se ter seus pés no chão. Ou pelo menos mais proximo dele, em se tratando de cavalos de corrida. Principalmente em um mercado como o nosso, que tende a coroar prematuramente aquele que ainda funciona como office-boy. Nada há de errado de prestigiar a aquele que acredita. Outrossim, ir devagar com andor garante a presença do santo, ate sua chegada de volta à igreja,´

Um reprodutor digno de atenção é o norte-americano T. H. Approval que acaba de obter seu oitavo individual de grupo, este fim de semana. Não é possivel se imaginar que com este número de ganhadores de grupo, para um reprodutor que já conta com sete gerações de três anos em atividade, possa-se chama-lo de consagrado. Longe disto, outrossim, sua participação em nosso mercado é impar, com passagem no Uruguay e restrito praticamente a éguas de um mesmo estabelecimento de cria.

Vi T. H. Appoval correr. Era uma cavalo de muita stamina, mas confesso que nunca o acitei como um elemento de classe. Ganhava no pulmão carreiras de bom nivel, de 2,400m para cima. Mas como todo descendente de Caro, veio a dar na Améica do Sul, o paraíso dos Caros e Buckpassers. E seu pai, With Approval - este sim um cavalo de primeiro nivel - era na realidade a união destas duas tribos.

O pedigree de T. H. Approval sempre me pareceu pobre em chefes de raça, outrossim, dois fatores eram importantes de serem notados. A duplicação em La Troienne e uma linha materna que na Argentina, a partir de sua avó, demonstrou uma forte potencialidade de transmissão clássica.

Analisando sua participação reprodutiva e tendo a crensa que Northern Dancer, Buckpasser, La Troienne, Raise a Native, Hail to Reason e Caro, necessariamente nesta ordem, serem os elementos a serem possivelmente duplicados, nota-se que o sucesso até aqui apresentado por este reprodutor, tem muito a ver com duplicações.



Vejam como as coisas se encontram, quando há lógica. O imbreed em Caro, não tem uma grande importância no turfe internacional, mas em se tratando de América do Sul, onde como já comentei foi o único rincão que esta tribo conseguiu luzir por um determinado período, ela funcionou. Graças ao imbreeds em Caro, metade dos ganhadores de grupo T. H. Approval, os detenham. E no compto geral, todos, e eu digo todos, os ganhadores de grupo produzidos por este reprodutor, portam pelo menos uma duplicação.

Não seia uma forma lógica de se tentar entender suas preferências,? Sou escravo da lei de Ofélia: só falo quando tenho certeza!