HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

PAPO DE BOTEQUIM: SE NETOS TIVESSE ...


Que triste deve ser para alguém, não ter historinhas para contar. O que dizer a seus netos, se em sua vida nada aconteceu? Eu não tenho netos, mas se os tivesse teria muitas historinhas para contar. Sobre as beedes Cups, e o King George que participei. Uma por exemplo que sempre me lembro, quando vejo Enable correr - ou melhor ganhar - remonta ao reprodutor Nathaniel.

Nathaniel era um muito bom cavalo de corrida que seu tempo veio a vencer entre outros o King George, batendo na oportunidade a Workforce e St. Nicholas Abbey, respectivamente ganhadores do Derby e do Arco, o primeiro, e por três vezes a Coronation Cup,  a Beeders Cup Classic e a Dubai Sheema Cup, o segundo. Logo, não seria de bom alvitre dividar de sua capacidade locomotora e que não tenha ganho de ninguém. Mas Nathaniel não pertencia aos grandes protetorados de reprodutores e assim nunca veio a ser badalado pela impensa especializada, e quando foi levado a sindicalização, pensei que seria uma excelente forma de investimento.

Avisei ao Aluízio Merlin Ribeiro que como hábil investidor, imediatamente topou. Gastei mais tempo, saliva e telefone, pois, a fila era grande e você como representante de um criador brasileiro, entra na última posição. Resumindo em miudos, sambamos. A razão de minha predileção por ele, era seu pedigree, que estava sujeito a uma infinidade de duplicações, tal o número de matiarcas e chefes de raças existentes no mesmo.

Abro um parenteses. Não basta a um pedigree, estar recheado de chefes de raça e matriarcas. Sempre será bom, mas não o ideal. Você tem que ter aqueles que realmente poderão fazer uma diferença quando duplicados, e para isto você tem que ter os dados que possam fortalecer esta sua crensa. Fecho parênteses

Pois bem, Nathaniel não demonstrou sorte desde a sua estréia. O fez  numa milha em Newmaket contra um tal de Frankel que aquele dia sucitou em mim, um ato de extrema loucura ao profeir - e fazendo-o por escito neste blog em letras garrafais - que poderia ser um novo Ribot. E assim, um cavalo que secunda aquele que em minha opinião iria se tornar um segundo Ribot, passou a ter igualmente a minha  total atenção. Foi segundo, na carreira seguinte numa milha em Doncaster e assim encerrou sua primeira temporada. Por sua forma de se comportar, pensei com meus butões que com mais idade e distância ele poderia vir a ser, não uma Sea-Bird, contudo, um bom cavalo de corrida.

Voltou em Abril, já aos três anos enfrentando a apenas dois adversários em Haydock Park, na distância de 2,400 metros e deu um vareio. Marquei-o, definitivamente, como algo a ser seguido, mas sua participação seguinte, foi em Chester, onde dificilmente algo é provado. Todavia, ele perdeu para um cavalo chamado Treasure Beach, que segundo o comentarista da carreira era o cavalo que Aiden O'Bien tinha como representante número um da Coolmore para os derbies. Pensei comigo, este cavalinho não tem sorte mesmo! Mas quem o seria carregando um nome como Nathaniel?????

Para tornar esta hirtorinha mais compreenssivel, Treasure Beach não só foi segundo no Derby de Epson, como ganhou o similar irlandês. Enquanto isto o não muito sortudo Nathaniel, ganhava minha afeição e também em Royal Ascot os 2,400m do King Edward VI Stakes - uma espécie de cosolação para aqueles que ficaram fora do Derby,. Vocês lembram daquela musica, vestiu azul e sua sorte então mudou? Pois bem, a seguir, na mesma pista e distância, mas no meeting seguinte, ganhou o King George. Eu que já havia me afeiçoado ao mesmo, simplesmente passei a ama-lo.

Retirou-se da pista com 10 corridas, quatro vitórias, cinco segundos e uma quinta colocação nos 2,000 metros do Champion Stakes. Provando ser um cavalo para a milha e meia e nem um centimeto a menos.

Como não consegui fazer parte do sindicato, acompanhei sua primeira fornada, nascida em 2014, com grande atenção. Éguas boas, mas muito aquem do que Galileo e outros seus filhos recebiam, mas a força dos imbreeds provou que aquela seria - como eu suspeitara - a sua grande arma no breeding-shed. E deste grupo, estava uma potranquinha com o sugestivo nome de Enable.



Não seria uma boa historinha para eu contar para os netos, se os tivesse?