HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

terça-feira, 16 de outubro de 2018

THOROUGHBRED DAILY NEWS


TATTERSALLS




FASIG-TIPTON



PAPO DE BOTEQUIM: O COMEÇO DO FIM

São politicas distintas. Luas diferentes, Não pode-se afirmar qual a certa e qual a errada. Outrossim, o que dá para se notar apenas olhando o que acontece, que uma está dando certo e outra nem tanto. Falo da politica de aquisição de reprodutores numa simples comparação entre a Argentina e o Brasil. Vou tentar me explicar melhor, anes que a primeira pedra cruze o oceano. 

O Brasil, é chegado a um ganhador de Arco ou mesmo um grande cavalo de campanha na Europa, independentemente dele ter se mostrado fracassado, mesmo recebendo as maiores chances possiveis imaginárias, que um cavalo de seu nivel recebe. Seja em Aga Khan, na Coolmore ou em outros estabelecimentos de cria destacaveis, não passa pela cabeça do criador brasileiro, que ele possa fracassar também em nosso cenário, por ser nosso mercado, inferior em disputa. O que em outras palavras quer dizer que o pereba de nacionalidade brasileiro, que jpga na quarta divisão, transferido para a Bolivia, será lá um craque em sua seleção, pois aquele pais tem uma menor tadição futebolistica que a nossa. Quem acreditar que o faça e depois me diga a que conclusão chegou.

Na Argentina, o criador pensa de forma distinta. Primeiro que não compra bilhete já corrido e perdedor. Ele prefere o bilhete que ainda vai ser corrido. Segundo, ele abre mão de uma campanha imaculada, mas de jeito algum, aceita uma tribo em vias de extinção. Na visão platina, não dá para se trazer linhas que caminham em direção ao brejo. Nunca tiveram interesse em filhos de Sassafras, Monsun, The Axe II, Vaguely Noble  mesmo senso estes inéditos e grandes ganhadores de grupo. Eles optam por inéditos, por exemplo filhos de Danehill, filhos e netos de Storm Cats e M. Prospectors, de bom fisico, campanha e pedigree. E tem funcionado.




Pure Prize e Bernstein, filhos de Storm Cat, são dois exemplos recentes. Catcher in the Rye outro, filho de Danehill e agora um filho de Fusaichi Pegasus (M. Prospector) me parece ser o melhor reprodutor em atividade nos campos argentinos. Luas distintas,,,

Roman Ruler, é o pai do recente vencedor do Gran Premio Jockey Club, a segunda prova da triplice coroa argentina. E para quem não possa esta por dentro, talvez o melhor repodutor em atividade no pais vizinho. Sua performance, é bem acima da média.


E como pode ser notado, os criadoes argentinos estão adotando uma forma mais moderna de exploração genética. Vejam como erigiram o pedigee de Imagen de Roma. 

Diria, que a politica de importação de eprodutores, norte-americanos,  mais fadados a distâncias médias e de tribos de atuação soberba na modernidade, está trazendo bons fluidos. Os resultados são exuberantes e já começam novamente a surtir efeito quando da exportação de seu produto para os EUA. Para se ter uma idéia precisa da diferença que separa Brasil e Argentina, recentemente aqui publiquei que o Brasil foi capaz de produzir a 43 individuais ganhadores de grupo. Pois bem, para este mesmo períoso a Argentina produziu um total de 108. vencedores de nada menos que 220 provas de grupo. Eles caminham a passos largos para ter seu número de consagrados por aqui, três vezes mais que os brasileiros. E não é trazendo filhos de ganhadores de Arco e outros consagrados em pista, outrossim, revelados como fracassos reprodutivos em instituições de cria, bem mais desenvolvidas que a nossa.

Temos que abrir o olho. Cada vez geramos elementos geneticamente incapazes de galgar as posições maiores dentro de nosso contexto. E o pior, os que ai aportam, não estão deixando legado algum, que justifique para que foram trazidos. E este, é o começo do fim.



2001 Breeders' Cup Classic

2000 Breeders' Cup Classic

1999 Breeders' Cup Classic

HIORSES



SEASONS


A VOZ DO POVO É A VOZ DE DEUS

Bom dia 

Desculpe mandar a mensagem por aqui, mas é que eu tinha que me manifestar sobre o seu artigo de hoje para dizer que concordo plenamente contigo da importância de se vencer e que ao contrário de que muitos dizem e me parece que eles têm a memória curta e vc sutilmente os lembrou da vitória do Cash do Jaguaretê no Rio, que a prova vencida por Grand Cru não era formada por um campo de galinhas mortas  e sim de bons animais e potros promissores.  Na prova de velocidade realizada no mesmo dia, que foi vencida,  pelo Cônsul American (First American), participaram ali pelo menos 3 ganhadores clássicos, tanto em São Paulo, como no Rio, além de uma égua campeã de pencas. Assim quem pisoteia em CJ não está se dando conta que com o outro pé está pisoteando a atividade toda. Por fim as provas de grupo deste final de semana em CJ tiveram a total dominância do First American, Cônsul American secundado por Fred Varanda, no velocidade e Grand Cru, na milha, todos descendentes deste importantíssimo reprodutor da tribo Mr. Prospector

Marcelo Augusto da Silva

Marcelo, quando o PT assumiu em 2002, havia muita esperança de parte da população - nunca minha - que haveriam reformas fundamentais em nosso pais. Pois bem, de lá para cá somente duas reformas: a de um sitio em Atibaia e de um triplex no Guaruja. Nada mudou. Apenas um aumento substancial no saldo bancário daquele que prometeu as reformas e de seus rebentos. 

Perguntaram-me porque nunca me enganei? Porque sou ainda daqueles que acredito que um cirurgião de cérebro, tem que obrigatoriamente ter uma formação médica e um engenheiro de grandes obras, também. Logo, o que esperar de um torneiro mecânico? Que poderia ser administrador de uma nação de dimensões continentais? Deu no que deu. Nçao há o que se reclamar. Apenas remediar.

Outrossim, sou um cara que a cada dia tento aprender algo e com certeza penso que cada caso é um caso. Mudo meus conceitos, conforme o resultado que minhas pesquisas me trazem. Clamo por reformas profundas em nossa forma de agir. E esta situação de Grand Cru é um bom exemplo disto. 

Confesso, que não nutro nenhum apreço por éguas de idade que já tenham produzido no passado elementos clássicos. E Just Lucky é um exemplo disto. Mas ao mesmo tempo, não me furto a examinar um filho seu, seja filho de quem for, pois, nunca se sabe de onde vem o grande cavalo. E se já veio de um Baynoun em mãe Brac, já está provado para mim, que pode vir de qualquer lugar, 

Seu primeiro produto nascido em 2004, foi o o colocado em prova de graduação máxima e ganhador de grupo 3, Portuga (Vettori). Em 2006, o terceiro produto de Just Lucky foi Uncle Tom (First American) bem sucedido em prova de graduação máxima. Depois disto o TNT a vendeu e ela nada mais produziu, de real importância, mesmo tendo vindo produzir com seis distintos reprodutores, a saber, Gilded Time, Torrential, Crimson Tide, Dubai Dust, Macho Uno e Tiger Heart.

Mas embora eu ache que fisico sem genética, pode funcionar em infimos percentuais, eu firmemente acredito que fisico com genética mesmo em éguas com mais idade, tem um indice percentual superior de acerto. Não que chegue a me convencer, todavia melhor. E graças a Deus, o cruzamento que mais deu certo, foi repeido, Outrossim, como disse, Grand Cru, fisicamente era um potro que sempre me chamou a atenção, desde de desmamado. Na verdade, ele me impressionou tanto como um outro potro, anos antes, igualmente me chamara a atenção, mesmo tendo para muitos um pedigree discutivel, Punch Punch. 

Abro um parênteses. Fui quase crucificado por ter adquiido Punch Punch adquirido para o Estrela Enegia.  Foi o filho de Aksar mais caro na históia da humanidade! Deixo claro, que para mim, uma exceção sempre deve ser dada ao fisicamente superior, quando esta superioridade é espelhada naquilo que você concebe como equilibrio atlético. Lembro igualmente, que não estou me referindo a aquele apenas bom. Há de ser o excepcional, para poder sequer cogitar de tratar-se de uma exceção. E para mim, tanto Puch Punch quanto Grand Cru, fisicamente eram excepcionais. este ano, adquii no Sta Rita a um produto numa mãe Smart Strike - que selecionei em Keeneland - mas infelizmente não foi aprovado no exame veterinário de aquisição. Fecho o parênteses.

Grand Cru nasceu em 2014, depois de uma temporada de inatividade reprodutiva de sua mãe,- a única - que é outro fato que muitos dão valor, inclusive eu. Um descanso - preferencialmente natural - para éguas de certa idade, com uma sequência ininterrupta de geração de produtos, sempre me parece providencial. 

E assim este passa a ser o terceiro elemento clássico produzido por Just Lucky, que o gerou com a avançada idade de 14 anos, da mesma forma que se torna o vigézimo primeiro ganhador de grupo criado pelo haras Santa Rita da Serra, que com isto se apresenta como o vigèzimo sexto maior pontuador em individuais ganhadores de grupo de nossa história de pattern races

E como você bem exemplificou, foi uma tarde de First American. Comprei sua mãe e acompanhei sua carreira nos Estados Unidos, Era um cavalo fisicamente atlético e provou em pista ser de primeiro nivel. Consul American é seu vigézimo segundo individual ganhador de grupo, que o coloca na décima terceira colocação em nossa história, a frente inclusive de Henri le Balafré.

Um outro parênteses me parece extremamente necessário. Recentemente Carina First venceu em Palermo, o Clasico Federico de Alvear (Gr,2) na distância de 1,800 metros. Trata-se de um filha de First American de criação do TNT, na linha de Heavenly Dancer.  Volto a ressaltar que vencer em Palemo é muito mais complicado do que se parece, Para mim, ºe o principal palco para aqueles que anseiam o dirt. Fecho paênteses.

First American morreu ecentemente no Haras São José da Serra, já de propriedade do Haras Figueira do Lago. O que para mim foi uma pena, pois, finalmente receberia a chance que sempre mereceu, mas que realmente nunca lhe foi dada, servindo a um dos mais insinuantes planteis, da atualidade.

Marcelo sempre sou a favor de reformas e do raciocinio lógico. Principalmente em nossas maneiras de pensar. Temos que analisar cada caso como um caso particular.  Temos que ter mente aberta e livres de qualquer bairrismo ou nacionalismo. Sei que você também assim o faz. Concordo, que no momento atual, pode ser considerado mais fácil se ganhar uma prova de grupo em Cidade Jardim. Mas isto, de maneira alguma, não quer dizer tratar-se de uma tarefa fácil.  Simples de ser conquistada, E a aqueles que acham que vencer é coisa simples em Cidade Jardim, que primeiro ganhem, e depois afirmem o que quizer. Até que possam ser a alma mais pura da nação...


NA NOVA ZELANDIA


EM RANDWICK



EM CAULFIELD









segunda-feira, 15 de outubro de 2018

BOM DIA


2003 Breeders' Cup Classic

2002 Breeders' Cup Classic

2001 Breeders' Cup Classic

2000 Breeders' Cup Classic

1999 Breeders' Cup Classic

MOMENTO


THOROUGHBRED DAILY NEWS


SEASONS


QUE TAL ESTE PEDIGREE?


HORSES




PAPO DE BOTEQUIM; O QUE APROVEITAR DOS MR. PROSPECTORS

Add caption
Outro dia, em uma prova de grupo de Cidade Jardim, os três primeiros colocados eram filhos de um mesmo reprodutor. O mesmo era nacional e atende a alcunha de Setembro Chove.

Setembo Chove foi um tremendo cavalo de corrida, que venceu milhas importantes no Brasil e em Cingapura. Tem um fato que me incita. É um descendente da tribo de Mr. Prospector e por aquele que reputo como um dos mais importantes filhos seus aqui aportados, Fast Gold.

Os Mr. Prospector são de agrado mundial, e como não poderia deixar de ser, se sairam muito bem no Brasil. Não deixar que a chama de classe e velocidade que eles trouxeram para nossa criação, é uma tarefa que não podemos nos da ao luxo de ignorar.  E se usados por aqueles que conseguiram feitos em nossas provas de graduação máxima, melhor ainda. Se chegará a Roma com maior brevidade.


MUITOS FORAM OS ELEMENTOS 
DA TRIBO MR. PROSPECTOR 
QUE SERVIRAM NO BRASIL

No diagrama abaixo postado, estão os descendentes da tribo Mr. Prospector, que ganharam provas de graduação máxima, em nosso território. Eles aparecem em letras maiusculas e creio que é por eles, sejam machos ou fêmeas, que se encontram nossas maiores oportunidade de explorar a classe que esta tribo impregna pelo mundo. Com sombra amarela, aqueles oito, que considero de maior importância a um futuro de médio prazo.


Mr. Prospector
.....Afleet
..........Northern Afleet
...............BACCELO
...............BAROLO
...............MONTARDON
...............QUE FENOMENO
...............VICTORY IS OURS
...............VITORIA OLIMPICA
.....Carson City
..........FOM CARSON CITY
.....Choctaw Ridge
..........ESCOTEIRO
..........IMPERATRIZ RAFAELA
..........LOVING NEW
..........OVER SPIN
..........SECRET RIDGE
.....Crafty Prospector
..........Crafty C. T. 
...............FIXADOR
...............IMPERIAL CASTLE
..........Music Prospector
...............Blade Prospector
....................WENZEL BLADE
...............HEART ALONE
...............REI MANDA
...............TALUDO
.....Dodge
..........LOST LOVE
..........OLD DODGE
..........OMAGGIO
..........ULTIMA PALAVRA
.....Fappiano
..........Quiet Ameican
...............First American
....................OUTPLAY
....................THAT SUNDAY
....................TIMEO
....................UNCLE TOM
..........Roy
...............CAGNEY
...............CHEIKH
...............TOP SIZE
...............VACILAÇÃO
..........Rubiano
...............Impression
....................BEDUINO DO BRASIL
....................GLORIA DE CAMPEÃO
....................JETON DE LUXO
..........Signal Tap
...............ALL IS WELL
...............CHOCOLATERA
...............SNACK BAR
...............VERANEIO
.....Fast Gold
..........EL PASO
..........GUACHO
..........HELISANGELA
..........LINGOTE DE OURO
..........NUGGET DO FAXINA
..........PUERTO-MADERO
..........SETEMBRO CHOVE
...............HALSTON
...............JUNO
..........SOFT GOLD
..........ZE DO OURO
..........ZECORREDOR
...............INSTINTO CAMPEÃO
.....Forty Niner
..........Distorted Humor
...............Drosselmeyer
....................KING DAVID
....................OLYMPIC HARVARD
...............Public Speaker
....................JOPOLLO
..........Jules
...............Mastro Lorenzo
....................BALADA DA HORA
....................FONTE AZUL
...............MUST BE FLYING
...............NEW FAMOUS
...............NOTIFICADO
...............NOVELLISTA
...............QUATRO MARES
...............QUICK ROAD
....................OFF THE ROAD
.....Gone West
..........Elusive Quality
...............AVENGER OF LIGHT
...............BIRKIN BAG
...............BONAPARTE
...............LAST KISS
.....Gulch
..........Torrential
...............ENERGIA DAVOS
...............HOOK THE PIRATES
.....Hello Gorgeous
..........HELLO COSTLY
..........ITAQUERE FLASH
.....Jade Hunter
..........Yagli
...............GOBER
...............GRAND I ASK
...............JET
.....Jarraar
..........ARAMBARE
..........JARRINHO
..........TALE QUALE
.....Lode
..........CISNE BRANCO
..........GRAN RICCI
..........SPECIAL LADY
.....Machiavellian
..........Vettori
...............DO CANADA
...............IMORTELLE
...............JOE BRAVO
...............MEU REI
...............Out of Control
....................CEU DE BRIGADEIRO
...............SERATA BELLA
...............VETTORI KIN
.....Mining
..........FAST MILE
.....Miswaki
..........Inexplicable
...............FAST LOOK
...............INCHATILLON
...............JABUU VIP
...............JECA
.....Our Emblem
..........LOVE TUNE
..........SAL GROSSO
.....Pioneering
..........EMPEROR CAT
..........MEU CHUCK
..........FARRIER
.....Seeking the Gold
..........Cape Town
...............IL DOGE


HORSES




PONTO CEGO: GANHAR SEMPRE É BOM


A quem possa realmente interessar, deixo minha opinião. Ganhar é sempre importante. Seja no cuspe em distância, seja no hipódromo. Logo, não me importa que venha a ser uma prova de grupo, ou o último páreo da segunda feira. O que pode mudar, é apenas seu grau de satisfação. 

Fui reepreendido por alguém que disse que ganhar prova de grupo hoje em Cidade Jadim, é mais simples do que fazê-lo na Gávea. Concordo, outrossim, isto não diminuiu o fato de uma prova de grupo ser - e sempre será - uma prova de grupo. Eleva sobremaneira a classe do animal. O diferencia. Hoje, por diversas situações, está realmente mais complicado ganhar uma prova clássica na Gávea. Mais contendores e a grande maioria dos mais distinguidos proprietarios. Mas nunca se esqueçam, que de vez em quando um graduado em Cidade Jardim, vai o Gavea e sapeca uma vitória por lá.

Neste fim de semana, um cavalo por quem sempre tive certo "chamego", ganhou sua primeia prova de grupo, justamente em Cidade Jardim. Seu nome Grand Cru. O sigo desde que desmamou. E quando colocado a venda por seu criador o Haras Santa Rita da Serra, ele esteve em minha lista dos dez mais importantes potros entre os que examinei, por estarem a venda em Junho na Gávea. Paa se ter uma idéia o examinei em mais de três oportunidades e em todas elas ele manteve seu conceito peante mim.

Ele estreou e ganhou.Mas o que pouca gente se lembra, é que aos dois anos, em uma de suas primeiras carreiras, ele foi segundo para Cash do Jaguarete, a frente de Fillmore, no Grande Prêmio João Adhemar de Almeida Prado (Gr.1). Até que possam me provar ao contrário, Cash do Jaguarete, foi um dos melhores elementos da geração e exportado por isto.

Muitas são as razões que fazem alguém preferir Cidade Jardim a Gávea. É mais fácil ganhar, talvez seja mais perto de sua casa, ou por qualquer outo motivo é ali que a ação mais lhe apetece, enfim, sempre existirá uma razão. Mas, a realidade nua e crua, é que sem um cavalo que confirme, você pode escolher o hipódromo que melhor lhe aprouver, e nada irá conseguir.

Portanto, a todos aqueles que acham que estou rindo até quando o pires cai no chão, digo, fico feliz quando cavalos que seleciono, ganham. Outossim, uma coisa tem que ficar bastante clara: qualquer que seja o tipo de carreira e qualquer que seja o hipódromo, ganhar sempre será melhor do que perder. Quem tem cavalo de corrida, sabe quão dificil é se ter um cavalo capaz de ganhar uma prova de grupo. Portanto, porque diferencia-las?


NA EUROPA



O QUE VEM POR AI: NA TERÇA FEIRA


O QUE VEM POR AI: SEXTA FEIRA


EUROPEAN LISTED


NO JAPAO