HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
JOLIE OLIMPICA BRAZILIAN CHAMPION 2YO - HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
NEPAL GAVEA´S CHAMPION 2YO - HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

ESTAMOS A SUA ESPERA

ESTAMOS A SUA ESPERA
Renato Gameiro

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
Santa Maria DE ARARAS: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS ESTRELA NOVA

HARAS ESTRELA NOVA
Venha nos conhecer melhor no Instagram @haras.estrelanova.

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS FRONTEIRA

HARAS FRONTEIRA
HARAS Fronteira

HARAS ERALDO PALMERINI

HARAS ERALDO PALMERINI
HARAS ERALDO PALMERINI a casa de Lionel the Best (foto de Paula Bezerra Jr), Jet Lag, Estupenda de Mais, Hotaru, etc...

STUD MY DAD HERO

STUD MY DAD HERO
Objetivo Maior - Winner's Circle

HARAS CIFRA

HARAS CIFRA
HARAS CIFRA - HALSTON POR MARILIA LEMOS

HARAS RIO IGUASSU

HARAS RIO IGUASSU
HARAS RIO IGUASSU A PROCURA DA VELOCIDADE CLÁSSICA - Foto de Karol Loureiro

HARAS OLD FRIENDS

HARAS OLD FRIENDS
HARAS OLD FRIENDS, vendendo diretamente toda a sua geração

HARAS PARAISO DA LAGOA

HARAS PARAISO DA LAGOA
HARAS PARAÍSO DA LAGOA, UMA ESTRELA A MAIS NO UNIVERSO

STUD YELLOW RIVER

STUD YELLOW RIVER
STUD YELLOW RIVER - Criando para correr

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024

BOM DIA

 Será que a ordem dos tratores altera o viaduto? 

Sabemos que naquele que tem um céu cor de anil, e está sujeito a chuvas e trovoadas, tudo é passível de acontecer, afinal somos o único pais com uma democracia relativa. E esta frase que tenho dúvidas se foi dita pela Dilma e repetida tantas vezes pelo Lula e seus atônitos, que parece se constituir numa verdade.

Não me agrada a incerteza das coisas, embora admita que a grande maioria de situações, se constitui em fatos incertos, que de vez em quando dão certo. Vide a politica, a religião, o futebol e até o turfe.

Como temos - o achamos de ter - jogo de cintura, viver-se.

Nosso presidente foi denominado persona non grata em Israel. Como ele parece não ser no território brasileiro. Daqui a pouco, não vão sobrar muitos lugares além do inferno.

Até quando? Não posso precisar. Mas até lá vamos torcer para termos um bom dia.


COLUNA DA QUARTA

Histórias & Histórias 

Este fim de semana que passou estava em casa como dizem os adolescentes “de boa na lagoa...”. Liguei a TV no sábado para assistir as corridas de Cidade Jardim e Americanas, até aí tudo de boa...

Na primeira corrida que assisti de Cidade Jardim foi a Prova Especial Onitié em 1.200m grama, fácil vitória de Outra Hembra, uma Rally Cry na Hembra por Forestry, montada por V. Rocha, bem apresentada por J. B. Quadros, criação e propriedade do Haras Cifra. No domingo o Alexandre me mandou mensagem dizendo “viu a vitória daquela potranca que você e o Gameiro gostaram, foi ontem” 

Imediatamente após a corrida minha mente me levou ao final de março de 2023 quando na visita do Gameiro a Curitiba, Gameiro e Eu almoçamos com o Alexandre Frare, Maurício Pontarolo, Delmar entre outros, indo após ao Haras Cifra conhecer a geração 2021. 

Já no Cifra vimos toda a geração onde nos chamou bastante a atenção uma potranca colorada forte e bem equilibrada, caminhava muito bem. Confesso que bati o olho na potranca e virei para o Gameiro, ele se mantinha estático, paralisado observando cada movimento dela. Estamos vendo a mesma coisa, algo com potencial de diferenciada passando a nossa frente, pois já tínhamos vistos vários animais em haras de Bagé e Paraná. 

Lembro que o Maurício me falou que se tratava de uma filha de Rally Cry, eu tinha visto vários filhos de Rally Cry, ele imprime um físico semelhante em todos filhos, mas aquela potranca tinha um físico diferente, superior ao que vimos de seus irmãos paternos. 

Bom, certamente a sua mãe é uma dominante. Ao pesquisar sobre Hembra, ela é ganhadora do GP Presidente José Antonio Pamplona de Andrade GIII além do GP Barão de Piracicaba GI, assim como sua mãe que também ganhou a primeira prova da tríplice Coroa Paulista entre outras provas de grupo, de nome Alta Vista.

 

Lá ficamos sabendo que antes de Outra Hembra, Hembra já tinha gerada a potranca Nuke que correu apenas uma vez em 800m na grama Paulista, tempo depois se acidentando, dando fim a sua campanha, esta filha de Tiger Heart. Segundo o Delmar tratava-se de uma grande velocista, como poucas já tinha visto em treinamento. 

Ao perguntar ao Alexandre sobre o porque do cruzamento, lembro que ele falou da afinidade entre Uncle Mo e as filhas de Forestry e citou com razão o Champion Americano 2 anos e ganhador do Kentucky Derby Nyquist. Ele completou, a Hembra está coberta do Rally Cry novamente. 

Como opinião é como nariz, cada um tem o seu, eu dei minha opinião que o cruzamento deu certo por causa da dominância de Hembra, que na minha opinião ele tinha uma matriz de futuras matrizes nas mãos e que deveria explorar os próximos cruzamentos já pensando em quais novas matrizes desejaria ter. Hembra gerou a três produtos até aqui e todas fêmeas. Até nisso a reprodutora está ajudando, quando falei Hembra tinha gerado a duas fêmeas. 

Se estou certo ou não, o futuro dirá, mas sigo batendo na tecla que Alexandre e Maurício tem uma oportunidade ímpar em suas mãos. Desejo sorte a eles assim como uma boa campanha para Outra Hembra, merecem. 

Andar junto com o Gameiro visitando aos haras me trazem muitas lembranças quando vemos os animais em pista fazendo um paralelo de quando os vimos nos haras. Muitas vezes eu o lembro, “lembra aquela potranca que o senhor disse que estava pronta para correr antes do leilão? Então foi aquela que acabou de vencer essa prova de GI...”. Fico na torcida para que este ano ele volte as suas inspeções no Brasil e que eu consiga estar junto, pois os meus compromissos profissionais são muitos e a agenda normalmente é apertada...

Além de Outra Hembra, desta mesma geração nos chamou a atenção uma potranca Colorada de criação do Haras Fronteira e outra no Haras... Mas essa história fica para uma próxima quarta...

Até lá 

Abraço Virtual

Marcel Bacelo



 

O RIO DE VÓ ADELINA











SERÁ QUE ?


 

EXTRA ! EXTRA !










SAUDADES DO RIO


 

NUNCA PERCA SEU SENSO DE HUMOR


 

PAPO DE BOTEQUIM: JUSTIFY, PODERÁ SER ELE O FUTURO MELHOR DO MUNDO?

Costumo ter opiniões próprias baseadas não propriamente no que os outros dizem, mas em referência as minhas analises, provenientes de pesquisas que levo adiante. Se custo a emitir uma opinião final, é porque estou ciente, que muitas vezes um resultado significante ou mesmo uma opinião abalizada de alguém porque nutro nítida admiração, tendem a formar uma tese na mente preparada para conceber novos ensinamentos. Acredito que seja este o meu caso, pois, mantenho minha vontade de apreender, no topo de minha lista de prioridades. Afinal, quanto mais absorvo, mais fica claro que mais necessito absorver.

Na live de segunda dia 19, a de número 99, emiti uma opinião que para muitos pode parecer acerbada. A que Justify, pode vir a ser o maior garanhão do mercado, quando então poderá ser visto da mesma forma que Frankel, o é atualmente. E porque digo isto?  Pelo simples fato que enquanto Into Mischief, Gun Runner, Curlin e Tapit, apresentam da mesma forma que Frankel e Dubawi imensas qualidades em centros de criação específicos.- os primeiros nos Estados Unidos e os demais na Europa - Justify, já em seu inicio o apresenta nos três, dos quatro centros mais efetivos das atualidade: Europa, Estados Unidos e Oceânia.

Meus caros navegantes, um reprodutor que em suas duas primeiras gerações, é capaz de gerar 17 individuais ganhadores de grupo em seis distintos países, tem que se levado a sério. Refraseando, muito a sério. E que fique claro, que ele ainda não foi capaz de gerar um único sequer, até o presente momento, vencedor tanto na Inglaterra quanto no Japão. Outrossim, para um reprodutor sediado nos Estados Unidos, seu resultado em ambas as pistas e em diversas distâncias, é simplesmente estarrecedor.

Neste setor, não adiante ter predileções e emitir palpites, pois com o tempo, os números cristalizam as verdades. Justify, em porquissímo tempo, já demonstrou que seus filhos se adaptam a diferentes meios ambientes. A quaisquer linhas tronco - até aqui cada vencedor seu descende de uma - e não parece ter uma preferência maios em relação a esta ou aquela tribo, em seus cruzamentos. Embora três de seus produtos ganhadores de grupo, tenham mães Galileo, dois Fastnet Rock e ele não tenha ainda produzido a um, cuja mãe provenha da tribo de Halo, sente-se que ele tende a imperar numa junção genética.

Não tenho cacoete de me sentir um Nostradamus, mas diria que pouquíssimos reprodutores em minha longa jornada profissional, vi ter um inicio tão diversificado, como Justify. e isto sem receber ainda, o melhor que poderia ter recebido. Ademais, como Frankel, foi em pista, um tremendamente diferenciado.

Lembrei na live, que quando do o vi estrear, já aos três anos, o fiz imediatamente o meu favorito para o Kentucky Derby, pois, tinha a mesma forma de se movimentar que percebi em outros que se tornaram diferenciáveis com o tempo. Embora afirmasse num ímpeto impróprio, que aos vezes deixo escapar  com a empolgação d ver alo estarrecedor, e não deveria, disse que poderia se transformar num novo tríplice coroado após ganhar o Kentucky Derby. Mas ai ficava mais fácil de tecer comentários depois de medi-lo contra quem seriam seus adversários nas duas provas seguintes.  Mas ele o foi, enquanto outros que pareciam ser, nunca conseguiram se provar.

Não preciso justificar, Justify. Seus números são deveras suficientes para provar minhas suspeitas.

GANHADORES DE GRUPO NA AUSTRALIA




CORTESIA DA COLUNA PITTA LIMA










terça-feira, 20 de fevereiro de 2024

COLUNA DO PITTA LIMA


 

BOM DIA

 

O Brasil passou a ser o pais das narrativas, no momento que o atual presidente assim o disse publicamente com a cara mais lavada do mundo. 

É a eterna crença, que uma mentira contada varias vezes se torna verdade. Tese esta defendida, por Stalin, há mais de meio século atrás.

O nosso presidente parece o Gabigol. Ultrapassado e irreal. E a irrealidade no Brasil, cola. Funciona.

Um bom dia para todos.

GANHADORES DE GRUPO EM SUNDLAND PARK

CORTESIA DA COLUNA PITTA LIMA






 

PONTO CEGO. SEMPRE OS MESMOS DETALHES


A madrugada me fascina. Principalmente para se acompanhar provas internacionais.

Acredito que na Australia existam tantos hipódromos quanto cangurus. Porque digo isto? Passo muito de minhas madrugadas assistindo corridas no Japão, em Hong Kong, na Nova Zelândia e na Australia. Albury por exemplo, parece ser dentro do aeroporto. Hobart, junto a praia.

No Japão, uma coisa que impressiona, e rapidez como o starting-gate é preenchido, com nenhum, reparem que digo NENHUM, cavalo refugando e mais de 20 empregados trabalhado, - quando são grooms dos cavalos em questão a maioria engravatados - independentemente do número de cavalos na carreira. 

Nas corridas em Tokyo no dirt, em distâncias mais alentados, corre-se os primeiros 50 metros na grama. Curioso não?

Em todos estes hipódromos as corridas são rigorosamente disputadas no horário estabelecido. Assim, se você vai dormir e coloca o despertador para acorda-lo, não perderá a carreira. Locutores se limitam a descrever as corridas, sem alusões pessoais e comentários impróprios. E touradas, estão limitadas a Sevilha. Enfim, outro mundo. Bem diferente do mundo em que vivemos.

Quantos dirigentes se preocupam nas madrugadas a acompanhar o que acontece do outro lado do mundo, para tirar proveito de algum detalhe?

Detalhes...

Acredito que já tenha passado de detalhes, o simples fato de certas linhas tronco se repetirem, ano após ano, nas principais posições, entre aquelas com um maior número de descendentes, individuais ganhadores de grupo. Pois é, tem gente que ainda duvida. mas vejam aqui, com menos de dois meses de disputas na atual temporada, que aquelas linhas que até aqui conseguiram cinco ou mais individuais ganhadores de grupo, já lhe são por demais conhecidas, de mim, de você e até da torcida do Flamengo, das últimas temporadas.

Com 196 individuais ganhadores de grupo até o presente momento nesta temporada, nove são as linhas tronco a terem produzido mais de três individuais ganhadores de grupo. Seis das quais, "useiras e vezeiras" deste padrão.

Imaginem, que nesta semana, foram quatro dos descendentes da multi campeã 9-f a ganhar. Um verdadeiro abuso ... E note-se que La Troienne (1-x) rugindo ferozmente vem por ai, e a 13-c, para variar, já está por lá.

Fam.

G1

T

*


2023

G1

T


2022

G1

T

*

2021

G1

T

9-f

2

9

*


7

42

*

13

41

*

16

38

13-c

2

6

*


11

34

*

7

36

*

11

34

4-r


6

*


10º

5

27

*

16º

7

25

*

10º

10

30

14-c


5

*


6

28

*

11

37

*

14

35

7


4

*




12

9




*

19º

6

22

1-x


4

*


8

39

*

15

37

*

11

32

2-n


4

*



1

13

*




*




4-f


4

*




2





*




5-h


4

*


17º

7

22

*

22º

5

20

*





Nunca é bom deixar de lembrar, que as quatro que hoje lideram, estiveram entre as 10 melhores ano passado. Entre as 16 primeiras em 2022 e entre as 10 primeiras em 2021. Seria uma questão de mera coincidência? Ou deveríamos  lucidamente imaginar que isto irá se repetir num futuro de próximo e médio prazo?