HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

PAPO DE BOTEQUIM: ESTARIAM OS TURCOS LOUCOS?

Não estou bem informado sobre outras criações, outrossim, penso que a de cavalos de corrida pode lhe trazer surpresas inolvidáveis, tais como o acontecido na Turquia este fim de semana. E  faço, esta observação, assistindo a uma leilão de elementos de alta capacidade locomotora.

Alguns me acham desmiolado, por acompanhar o turfe em países como a India, a Turquia, Venezuela, Panamá, Porto Rico e outros ainda menos votados. Mas como já fui décadas atras tremendamente atacado por fazer o mesmo com o Japão, não mudarei a minha maneira de ser.

A Turquia está degraus atrás de nós. Não há como negar, outrossim, em minha maneira de ver países como os nossos que não tem poder financeiro para enfrentar de peito aberto algumas das grandes nações turísticas do hemisfério norte, qualquer improvisação me parece valida. E em termos de improvisação os turcos estão degraus acima de nós, pois, sabedores que não tem como disputar um lugar ao sol com a genética que possuem, mesmo estando na Europa, muito antes de nós - eu diria décadas - adotaram o sistema de imbreeds, mesmo em chefes de raça, que normalmente não são tentados por grandes potências.

Olhem os pedigrees destes dois ganhadores das provas consideradas internacionais de seu fim de semana mais importante. Os dois vencedores são de origem turca. Um filho do irlandês ganhador na Turquia numa mãe pelo obscuro Unaccounted For e o outro um filho do animal de origem turca Luxor, descendente direto de Habitat. Talvez o único existente na reprodução terráquea

Olhem os imbreeds alcançados.




Sir Gaylord e Ribot no primeiro caso e Hail to Reason, Roberto, Damascus e Northern Dancer no outro, sendo este último um pedigree de alto valor genético.

Logo, temos que aprender não só com os que estão degraus acima, como também dos que estão degraus abaixo. O importante é não achar, como muitos se acham no Brasil, que agem como tudo soubessem e se tornam tremendamente resistentes às surpresas que outros podem aprontar. Não é uma questão de não tendo cão de caça, utiliza-se o gato da vizinha. E o uso de cães menores, mas com bom faro.