HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

quinta-feira, 10 de outubro de 2019

PAPO DE BOTEQUIM: MAIS UMA INCONTESTE PROVA QUE AS TRANSMISSÕES LINEARES EXISTEM


Pode parecer uma mera coincidência. Mas acreditem, não é. A dominância de Galileo em provas na grama na milha e meia me parece importante de ser ressaltada. Pois ela prova, a inconteste prova que as transmissões lineares existem e devem ser respeitadas.

Nesta edição do Arco, haviam 12 competidores, sete dos quais, com a presença de Galileo, nas duas primeiras gerações. Pode ser que nas contas da Dilma, sete em 12 sejam algo diferente de 58%, porem nas minhas, são. E o mais impressionante de tudo, é que cinco destes chegaram nas cinco primeiras posições. E creio que 100% e algo que até o senhor LuiZ seja capaz de aceitar...

Quem não quiser acreditar aposte que foi uma mera coincidência ou mais um golpe de sorte. Eu não penso assim. Acho que a força de Galileo é tanta, que me pareceu até barato.

É por estas coisas, que assumo que Northern Damcer-Sadlers Wells-Galileo, seja uma transmissão linear que domina a transmissão de classicismo em determinadas situações do mercado. A milha e meia na grama é apenas uma delas. E não estamos tratando aqui de um mercado fechado como o japonês, que propicia fatos como estes venham a acontecer,  frequentemente com Deep Impact e seu pai Sunday Silence. Existem Dubawis e outros segmentos de igual importância lutando pelo mesmo lugar ao sol.

Mas a grande e inequívoca verdade é que três filhos, dois netos e dois netos maternos, são para mim uma mais do significativa amostragem desta dominância. Tratam-se de números difíceis de serem refutados. E que me levam a aceitar a transmissão linear de certos segmentos.



Mas esta dominância é um reflexo do que foi esta prova para com a descendência de Sadlers Wells. Saibam que das 25 ultimas disputas do Arco, o nome de Sadlers Wells esteve presente nos pedigrees de ganhadores, nada menos que 12 vezes, o que equivale dizer que quase atingiu a marca de 50%. Para se ter uma idéia, neste século, das 19 disputas sua presença veio a ser notada em dez oportunidades, evidenciado um aumento percentual. E a isto que me refiro como dominância, no caso relativo a um determinado tipo de prova.

O mercado exterior vive a cata de dominâncias. Trata-se de uma garantia a mais em seus investimentos. Deveríamos sim ter uma maior atenção e primordial respeito conquanto a elas. Achincalha-las e trata-las como coincidências, parece a fuga dos mal informados. Aqueles que nunca chegarão ao patamar de protagonistas.

Atentem para o diagrama que se segue, e criem suas conspiratórias teorias.   

Sadlers Wells
.....Carnegie (1994)
.....Galileo
..........Found (2016)
..........Nathaniel
...............Enable (2017-2018)
..........Waldgeist (2019)
.....Montjeu (1999)
..........Hurricane Run (2005)
..........Motivador
...............Treve (2013-2014)
.....Poliglote
..........Solemia (2012)
.....Soviet Moon
..........Workforce (2010)
.....Thawakib
..........Sakhee (2001)