HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
JOLIE OLIMPICA BRAZILIAN CHAMPION 2YO - HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
NEPAL GAVEA´S CHAMPION 2YO - HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
Santa Maria DE ARARAS: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS ESTRELA NOVA

HARAS ESTRELA NOVA
Venha nos conhecer melhor no Instagram @haras.estrelanova.

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS FRONTEIRA

HARAS FRONTEIRA
HARAS Fronteira

HARAS CIFRA

HARAS CIFRA
HARAS CIFRA - HALSTON POR MARILIA LEMOS

HARAS IGUASSU

HARAS IGUASSU
HARAS IGUASSU A PROCURA DA VELOCIDADE CLÁSSICA - Foto de Karol Loureiro

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

domingo, 26 de julho de 2020

NÃO DEU PARA ESPERAR PARA AMANHA: O King George DE 2020


Isto estava programado para ir para o ar amanha. mas não deu. A vontade de escrever era grande demais.

Não me recordo de um King George que tenha tido a participação de apenas três elementos e tão somente dois proprietários. Porque isto veio a acontecer? Respeito a Enable? Poderia tranquilamente ser, mas eu tenho minhas dúvidas. Vejo a competitividade neste patamar dispersa. Sem grandes nomes.

Enable é daqueles animais que aparecem de vez em quando. E graças ao espirito de competitividade de seu proprietário e criador, volta as pistas aos seis anos de idade. 

Ela é melhor que Dahlia, que venceu esta carreira em duas oportunidades, das três que participou. Foi para non uma égua divina e cheguei até viajar para a California para vê-la correr, em duas oportunidades. Por si só, ela já mereceria vencer, não apenas por a ter como superior a filha de Vaguely Noble. Todavia existiam outros fatores intervenientes na questão que valiam uma reflexão, a meu conceito, bem maior. Fatores como, estariam seus dois adversários a altura dela? Com uma Enable na ponta de seus cascos, responderia que não. O fator seguinte seria perguntar, qual a Enable que se apresentaria? Aquela que todos temos em nossas mentes, ou em sua última versão, com alguns limites demonstrados desde a sua segunda colocação em seu terceiro Arco?

Com a deserção do Derby winner Anthony van Dick - que em minha opinião achou seu Derby - as chances de uma arapuca diminuíram bastante. Teria que haver muita falta de juízo de Dettori para algo de estranho acontecer. Mas a terceira interrogação residia que em carreira de apenas três concorrentes, qual o pace que seria adotado?  Com cavalos normais, não há grande apreensão. Todavia com cavalos acima da média, contraria-los se torna uma incógnita.

Embora para a mim as presenças dos ganhadores do Grand Prix de Paris e do Irish Derby - outro que achou seu Derby - ambos filhos de Galileo, não pareciam ter muito significado, temo muito páreos vazios. Eles são traiçoeiros. Pois, mais uma vez acreditando que mesmo levando-se em conta que ambos habitavam patamares diferentes do dela, páreo vazio é uma merda! Ainda por cima, que idade pesa. 

Não somos como os vinhos. Os anos pesaram para mim. Como pesaram para quase todos os que passam de uma certa marca. E pesa também para os equinos. E os cinco anos me parece ser esta marca para eles. Sessenta para os humanos. Restava-se saber, no caso de Enable, quanto havia pesado?

E AI VEIO UMA CHUVA INTERNITENTE E PESADA !

Mas não creio que nada afetou aquilo que todo o mundo esperava, menos as conexões da Coolmore. A turma da Irlanda só tinha uma alternativa. Mandar um decisivamente para frente e ficar com outro esperando atrás. Mas Dettori confiante com o que tinha abaixo de si, manteve o Pace de sua montada. não se importando com o que acontecia a sua frente. E olha que ver um ganhador do Irish Derby fugir quase dez corpos tem que ter gelo no sangue.

Todavia, Dettori estava ciente do potencial de Enable e como disse, quando na entrada da reta olhou para trás, senti que a sorte da carreira já estava decidida. Era uma questão apenas de por quantos corpos. E Dettori foi misericordioso. Meteu 5 1/2 quando poderia ter metido 10 ou 12.

Seria Enable melhor que Frankel, Dancing Brave e tantos outros grandes craques criados pela Juddmonte? Eu penso que sim. Ela poderia ganhar de Dancing Brave na milha e meia e certamente o faria nesta distância a Frrnkel. Em 2,000 metros engrossaria o caldo, mas acho que filho de Galileo levaria a melhor. E abaixo disto, não há o que se discutir.

Aos 70 anos, ainda fui capaz de assistir a um m omento histórico. Sonho em ver outro em Longchamp, e quem sabe algo que ela já fez, mas poderia fazê--lo agora vide uma forma que ninou~em seria capaz de fazê-lo: ganhar na mesma temporada o King George, o Arco e a Breeders Cup Turf.

Ai vai ser difícil os idiotas do óbvio que preteriram ela a mais de um cavalo quando aos três e quatro anos, em seus rates, mais idiotas ainda. Senhores, não vi Man O´War, Nearco, Ribot, Secretariat ou Sea Bird. Outrosim tive o privilégio de ver Shergar, Dancing Brave, Frankel, Zenyatta, Zarkava e Enable, E para mim já basta!

Basta ver o Flamengo ser mais uma vez campeão do Mundo, e o Salgueiro ganhar mais um carnaval, e passarei a escrever minhas memórias...