HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
JOLIE OLIMPICA BRAZILIAN CHAMPION 2YO - HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
NEPAL GAVEA´S CHAMPION 2YO - HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
Santa Maria DE ARARAS: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS ESTRELA NOVA

HARAS ESTRELA NOVA
Venha nos conhecer melhor no Instagram @haras.estrelanova.

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS FRONTEIRA

HARAS FRONTEIRA
HARAS Fronteira

HARAS CIFRA

HARAS CIFRA
HARAS CIFRA - HALSTON POR MARILIA LEMOS

HARAS IGUASSU

HARAS IGUASSU
HARAS IGUASSU A PROCURA DA VELOCIDADE CLÁSSICA - Foto de Karol Loureiro

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

segunda-feira, 27 de julho de 2020

PAPO DE BOTEQUIM: ABAIXO AS BARANGAS

Paulo Francis conseguia ser mais real que a própria realidade. Um dia escreveu que o feminismo foi uma saída maravilhosa para os jaburus! Como digo que o socialismo foi uma saída maravilhosa para os aqueles que não tem capacidade de vencer por esforço próprio.

Tomo como exemplo esta deputada Maria do Rosário. Para ela se o marido perde as estribeiras e ameaça dar um tapa na esposa, tem que ser tratado como o pior dos monstros e encarcerado pelo resto de sua existência, ao passo que aquele jovem de comunidade que estupra uma menor com uma faca colada a seu pescoço e depois a assassina e a esquarteja,  é uma vitima da sociedade, merecedor portanto de compreensão, carinho e todo um processo de ressocialização, pago pelos contribuintes. Que me perdoe, a baranga em questão, mas creio que seria de bom alvitre ela bolar outra forma de angariar votos e no interim, ir caçar coquinho na esquina.

O socialismo que fracassou no mundo inteiro em todas as suas formas, das mais brandas as mais cruéis, só cola em países onde feministas e defensores do politicamente correto conseguem ter das vozes ouvidas.

O turfe deu certo no mundo inteiro, por ser contrário ao socialismo. É um esporte altamente elitista, onde o melhor é aquele que ganha constantemente de seus adversários, construído uma reputação para si, as custas de esforço próprio. Foi um esporte criado por reias, aderido por nobres e hoje vive dos mesmos e de pessoas abastadas que tem o poder financeiro de financiar a atividade. 

Como diria um cliente meu, é para quem pode, não apenas para quem quer. E tentar outra forma que não seja esta, seria como incentivar uma célula cancerosa em metástase a avançar sobre outras células ainda livres da doença. E é exatamente o que vejo acontecer no Brasil. Um desvio em direção a mediocridade. Alguns assistem de cadeira para o que é diferenciado, mas vários se mantem mergulhados na mediocridade...

Ronald Regan, um dia disse, que o governo existe para nos proteger de terceiros e vai além de sua função quando tenta nos proteger de nós mesmos. As leis impetradas à séculos no turfe tendem a proteger a aqueles que nela acreditam, e não aqueles que queiram ser privilegiados com a situação.

Investir faz parte do negócio e temos que torcer exatamente para que aqueles que investem, nunca pensem em parar de investir. E é assim, que profissionais, sejam eles agentes, gerentes de haras, treinadores, jóqueis e escovadores devem encarar a atividade. Sem estes a atividade não prospera. Porém, prosperando, haverá mais investimento e a roda do sucesso completa seu circulo.

Temos que ser um pouco mais otimistas. Um analista conservador outro dia disse uma grande verdade. Antigamente a mídia apresentava os fatos e nos tirávamos as nossas próprias conclusões como eu acredito que deva ser a lei natural das coisas. Porém, os tempos mudaram. O mundo enveredou pela esquerda a dentro e hoje a mídia apresenta apenas conclusões, aquelas que defendem por motivos excesso, e nós pobres diabos é que temos que ir atrás dos fatos.

Eu não quero concluir por ninguém. Tento apenas apresentar os fatos e apresento as conclusões consubstanciadas em resultados e que cada um decida da forma que mais lhe convier. Duvidava que os leilões caíssem. E acho que eles, pelo menos se mantiveram num bom patamar.

A grande verdade e que os leilões não caíram, no marasmo que alguns supunham que iam cair. Precisamos de cocheiras cheias, páreos repletos e intensificação do jogo. Os criadores tem que ser apoiados. E acredito que o tempo se encarregará de trazer as coisas para seus devidos lugares. Seguibdo a lei natural das coisas. Quanto ao Brasil? Sei lá...