HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
JOLIE OLIMPICA BRAZILIAN CHAMPION 2YO - HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
NEPAL GAVEA´S CHAMPION 2YO - HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
Santa Maria DE ARARAS: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS ESTRELA NOVA

HARAS ESTRELA NOVA
Venha nos conhecer melhor no Instagram @haras.estrelanova.

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS FRONTEIRA

HARAS FRONTEIRA
HARAS Fronteira

HARAS CIFRA

HARAS CIFRA
HARAS CIFRA - HALSTON POR MARILIA LEMOS

HARAS IGUASSU

HARAS IGUASSU
HARAS IGUASSU A PROCURA DA VELOCIDADE CLÁSSICA - Foto de Karol Loureiro

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

domingo, 9 de agosto de 2020

SPACE BLUES MANDOU TODOS PARA O ESPAÇO AZUL NO MAURICE DE GHEEST

Todos nós temos os nossas admirações irruptivas.  Eu devo ter algumas que ainda não descobri, mas uma que tenho certeza ter é pelos linebreeds, tão bem explorados por Tesio, na primeira metade do século passado. Ele o fez em relação a St. Simon. Outros que o copiaram a seguir levaram como base Hyperion e Nearco. E um dia certamente alguém explorará esta vertente em relação a Northern Dancer, tal a concentração de sua presença, cada dia mais avassaladora, nos pedigrees clássicos modernos.

Este fim de semana, um castrado que custou US$7,000 nas vendas de Keeneland, ganhou uma prova de grupo em Delmar. Seu nome, Weston. Pois bem, reparem que em seu pedigree ele carrega nada menos que sete linhas de Northern Dancer, por seis distintos mensageiros. E o mais incrível de tudo, todos machos. O que demonstra a influência que esta tribo exerce nos dias de hoje.

Custar pouco e ganhar muito não é novidade. Da Hoss custou US$6,000 e ganhou duas Breeders Cup. O que me causa topar é que Da Hoss, tinha três linebreeds que na hora não dei a bola devida, mas que podem tê-lo influenciado. O primeiro em St. Simon, com15 linhas, sendo sete por diferentes mensageiros, sendo quatro machos e três fêmeas. O segundo por Phalaris com 13 segmentos,  advindos de  sete distintos mensageiros, seis dos quais machos e uma fêmea.  e o terceiro de também igual significância em Teddy, por intermédio de 12 vertentes, determinadas por oito diferentes mensageiros, divididos em quatro machos e quatro fêmeas. Qual funcionou? Ou se a combinação de dois ou três deles, não posso precisar, o que sei é que funcionou. 

Este fenômeno de concentrações, evidentemente aconteceu com St. Simon, no inicio do século passado, o que me impele a pensar que poderá acontecer daqui a algumas décadas em relação a Northern Dancer. Logo, aqueles adeptos de pedigrees abertos, não devem temer esta concentração genética que certos chefes de raça estão assumindo em nossos pedigrees. Devem sim, respeita-las e a partir dai, se concentrar nas imensas possibilidades que se abrem na confecção de bases, solidificadas pelos linebreeds.


REPAREM NOS LINEBREED EM HYPERION E NEARCO QUE SPACE BLUES TRÁS EM SEU PEDIGREE 
NÃO PODEM TER SIDO ELES OS CAUSADORES DE SUAS APRESENTAÇÕES EM GOODWOOD E DEAUVILLE?