HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
JOLIE OLIMPICA BRAZILIAN CHAMPION 2YO - HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
NEPAL GAVEA´S CHAMPION 2YO - HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
Santa Maria DE ARARAS: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS ESTRELA NOVA

HARAS ESTRELA NOVA
Venha nos conhecer melhor no Instagram @haras.estrelanova.

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS FRONTEIRA

HARAS FRONTEIRA
HARAS Fronteira

HARAS CIFRA

HARAS CIFRA
HARAS CIFRA - HALSTON POR MARILIA LEMOS

HARAS IGUASSU

HARAS IGUASSU
HARAS IGUASSU A PROCURA DA VELOCIDADE CLÁSSICA - Foto de Karol Loureiro

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

domingo, 25 de outubro de 2020

PONTO CEGO: SUPERAÇÃO E UMA NOVA RAINHA QUE ANDOU ROLANDO DE MÃO EM MÃO


Comentamos durante a semana que o treinador de Nantucket, J. Cesar, demostrava além de respeito, muita preocupação com os potros Yes Champion e Inevitable, e realmente ele tinha razão, Inevitable fez forfait e Yes Champion chegou em 3° a pescoço de Nantucket, era o que mais corria no final, esse potro do Haras Free Way. Nantucket, teve carreira parecida com o GP Major Suckow, vinha fácil na frente esse filho do Tiger Heart, dessa vez seu jóquei Z. M. Rosa fez tudo certinho, o que foi possível fazer, perdendo a pescoço do surpreendente No Way José.
 
Mas porque surpreendente? Surpreendente para os turfistas, como eu, que desconheciam sua história de superação, um cavalo de apenas 8 corridas, que tinha no seu retrospecto 7° lugar e 4° lugar em provas de grupo III como destaque na sua curta campanha. Mas que tinha passado por intervenção cirúrgica, problemas intestinais, hemorragia, daqueles cavalos que testam a paciência do proprietário, mas resiliente que foi o Bruno, titular no Stud J.C. R. e confiança no trabalho incansável do treinador E. Petrochinski, hoje colhe frutos com a vitória no GP ABCPCC GI, tendo em suas mãos o novo Rei da Reta Paulista.
 
No Way José, teve uma atropelada fulminante e emocionante, completando o percurso dos 1.000m em 55:533s, chegando pescoço a frente de Nantucket. Este filho do nacional Victory Is Ours, ganhador do GP Paraná e GP Bento Gonçalves, principais corridas na areia brasileira, na não corrida Heart Of The Ocean por Ocean Of Winsdom, este avô materno ganhador do Prix La Rochette GIII e 3° Grand Criterium GI.
 
No Way José, família 10 a, talvez tenha sua velocidade explicada no 3x4x5 Mr. Prospector e no 5x5 Champion 2 anos Hoist The Flag. Primeiro ponto no festival do GP São Paulo para o reprodutor brasileiro.
 
Parabéns ao Stud J.C.R, jóquei M. Silva, treinador E. Petrochinski e parabéns duplo para o Haras Vale Verde, pela criação do No Way José e por acreditar no reprodutor nacional.

Dada a partida, como esperado a competidora Karol King assumiu a ponta, a favorita Hevea, que pagava R$ 3,10 para cada R$ 1 apostado, foi posicionada na quinta colocação pelo seu Joquei N. A. Santos “espiando” o train suicida na frente. Hevea se aproximou da segunda colocação na curva, na entrada da reta final seu jóquei já olhava para trás, de olho na ação de alguma oponente, pois sentia que Karol King tinha cumprido sua tarefa até ali na prova, a valente Karol King ainda manteve o 2° lugar . Sem brigas Hevea passou para ponta e foi abrindo cada vez mais até o espelho, ganhando por diferença de 5 ½ corpos, ratificando sua superioridade em São Paulo, está filha do Agnes Gold. Hevea cobriu a distância de 2.000m em 1:59:471s, com excelente preparo do treinador V. S. Lopes. Na terceira posição chegou Lixivia, 4° lugar Honorável Bisca e em 5° a égua Força. Hevea filha de Agnes Gold e Chris Lady por Grand Lodge, família 13d, conta com inbreding em Halo, seu pai Hail To Reason e Northern Dancer.
 
Vale lembrar que Hevea foi a leilão na semana antes de correr GP Conde Silvio Alvares Pentenado GII, onde foi adquirida pelo Haras Santa Maria de Araras, parece que as “portas do Starting Gate” só abriram para Julio Bozano que pulou na frente de todos, adquirindo uma futura ganhadora de GI e GII.
 
Essa vitória da Hevea me fez recordar o dia 21 de fevereiro de 2019, precisamente as 09:24h, quando o treinador D. Guignoni me mandou um áudio por Watts me falando que iria em Leilão uma potranca de 3 anos sem vitória, que estava atrasada, estava inscrita e iria ganhar já no sábado, dois dias após o referido leilão, de nome Hevea. No momento estava sem recursos financeiros, mas me chamou a atenção o pedigree dela, entre outros inbredings futuros, eu conseguiria uma duplicação feminina na matriarca Glorious Song. Liguei para meu amigo Telmo Estrela, passei o áudio e comentários do Guignoni, falei para ele que essa potranca era irmã materna do Peron, cavalo que tinha sido recordista com o Telmo Estrela no Cristal e que se tudo desse errado, eu tinha interesse no futuro para ficar com ela para reprodução. Telmo acabou comprando Hevea no leilão, como previsto pelo Guignoni ganhou no sábado em 1.500m grama na Gávea, após continuou com Guignoni obtendo novas colocações na turma. Mais adiante o Telmo Estrela, que costuma treinar seus pupilos com V. S. Lopes de longa data, trocou Hevea de mãos, ganhando mais duas vezes no Rio de Janeiro antes de ir de “mala e cuia” para Cidade Jardim. Já em cidade Jardim após algumas colocações em provas de grupo, o trenador V. S. Lopes achou o jeito que melhor se adapta a Hevea iniciando uma sequência de 6 vitórias passando por 2 provas de GIII, uma de GII e agora a cereja no bolo, o OSAF GI. Quanto Telmo pôs Hevea no leilão, eu mandei uma mensagem para ele, é sua chance de ganhar seu primeiro GI, ele respondeu, preciso vende-la. 
 
Na vida são apostas de momento que tomamos,  que ditam o futuro, nos tornamos tristes ou felizes em funções das decisões passadas, é um eterno aprendizado, e a história de Hevea em pistas teve um final feliz, ganhou seu GI e terá no futuro um merecido descanso no melhor Haras Brasileiro.
 
Parabéns ao Treinador V. S. Lopes, jóquei N. A. Santos, Haras Santa Maria de Araras e o criador Rio Dois Irmãos por essa linda história.
 
Abraço Virual 
 
Marcel Bacelo