HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

domingo, 12 de fevereiro de 2017

PAPO DE BOTEQUIM: COINCIDÊNCIAS

Le Bernardin

Eu não acredito que simples coincidências o possam levar ao lugar máximo que você sonha, mas quando elas acontecem, é possível que elas  o levem a algum lugar não tão alto, mas. pelo menos, acima do chão. 

Existem boas e más coincidências. O fato de Campestre, Belmont e Di Cellius - este com reeincidência - anunciarem suas respectivas liquidações, é uma coincidência ruim, que apenas acentua o estado de crise que vivemos em nosso turfe. mas felizmente ainda existem as coicidências felizes... estão indo os grandes, os médios e os pequenos. E a industria parece estar se extinguindo. Mas o governo pouco se lixando. Será que não existe uma forma de se chegar ao Ministério e mostrar o que turfe é no mundo e pode se tornar no Brasil, se organizado e ajudado? Mas existem grandes coincidências. 

Eu de Keeneland sempre via uma fazenda, a Manchester e dia após dia, meu interesse em conhece-la melhor foi crescendo, Até que um belo dia, lá fui eu bater na porta do escritório de Mike Rutherford. Foi uma visita agradavel e no paddock das potrancas divisei duas que se destacavam das demais. Mike me disse que elas estariam nas vendas de Setembro e ficou isto porisso mesmo.

Em Setembro reparei que ambas estavam inscritas, e fui inspeciona-las. Apaixonei-me pela tordilha e a ela foi dado por meu cliente e agora seu proprietario, Cara Rafaela. Pois bem, o resto da história acredito que vocês tenham conhecimento. O que vocês não sabe é quem era a outra potranca. Seu nome La Rosa. E ela embora não tenha sido do quilate de Cara Rafaela, foi bastante corredora,  inclusive ganhadora de quatro carreiras, entre as quais o Demoiselle Stakes (Gr.3). Logo, eu não estava errado.

O turfe vive de comparações. Você deve ver o maior número possivel de lotes, para ter uma chance de adquirir aquele que em sua opinião, é o melhor. Porém, Cara Rafela era daqueles animais que você bota os olhos e chega a conclusão que podem até existir do mesmo nivel, mas nunca superiores. Vi isto também em Estrela Monarchos. Este é o cavalo que rotulo do cavalo que me compra.



Um dia juntas no mesmo paddock e vendidas no mesmo leilão, ambas foram ganhadoras de grupo e hoje passados mais de 20 anos, elas voltam a se encontrar, só que agora apenas no papel de Le Bernardin, ganhador em Meydan da milha do Al Maktoun Challnge (Gr.2) na flor de seus OITO anos de idade.

E o que isto tem a ver com Cara Rafaela e La Rosa?  TUDO! Le Bernardin é um filho de Bernardini - filho de Cara Rafaela - em La Rosa. E depois, existe gente que acha que coincidências não existem...



Confesso que quem quizer viver de coincidências, tem uma grande chance de dar com os burros n'água. Teria aquele que estruturou o cruzamento de La bernadini, pensado nisto?