HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

sexta-feira, 14 de abril de 2017

PAPO DE BOTEQUIM: TEMOS UM DERBY WINNER


A vitória de Emperor Roderic no Derby carioca estabelece, o terceiro ganhador de grupo, para este ganhador da Irish Two Thousand Guineas, que aqui passou, servindo por apenas um ano. Dois destes ganhadores, o fizeram na graduação máxima. Assim ele ultrapassa a Holy Roman Emperor, que no mesmo ano para aqui veio, e conta atualmente com dois ganhadores de grupo, sendo um deles, de graduação máxima. 

O que isto representa genéticamente? Que os dois vencedores da geração 2013 - Cidade Jardim e Gávea - são filhos de importados, que mesmo não possam ser considerados como reprodutores marcantes, deixaram uma marca em nosso esporte.

Outrossim, dois detalhe me chamam muita atenção. Emperor Roderic é neto materno de Our Capitain Willie. O sexto a ganhar prova de grupo e o sexto a fazê-lo em prova de graduação máxima. Teria sido ele importante para a reprodução brasileira? Tenho plena certeza que sim. Em sua passagem em nossa reprodução gerou a 16 inviduais ganhadores de grupo, sendo mais da metade dos mesmos  - nove para ser preciso - ganhadores de graduação máxima. 

Arrisco a afirmar que ele foi uma das gratas importações que levamos a efeito para a nossa criação. Em seu pedigree não se pode deixar de notar, uma duplicação em Selene, sendo quatro as linhas que esta reprodutora aparece em seu pedigree.

Também trata-se de décimo sexto individual ganhador de grupo, descendente da familia 20-a, sendo também mais da metade - nove - dos mesmos, ganhadores de graduação máxima.

E antes tarde do que nunca, foi mais um creoulo do haras Anderson, a vencer prova de grupo. Foi seu ganhador de número 55. Vocês sabem quantos são os haras que conseguiram produzir mais de 45 individuas ganhadores de grupo na história das Pattern Races brasileiras? Apenas sete, e o Anderson, um deles. Quatro estão em atividade e o Anderson de Weber e Anderson Stabile estã na sétima colocação. Torço por eles, embora não exista, nem nunca existiu nenhuma relação comercial entre nós. Merecem cada uma das vitórias obtidas.