HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
JOLIE OLIMPICA BRAZILIAN CHAMPION 2YO - HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
NEPAL GAVEA´S CHAMPION 2YO - HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
Santa Maria DE ARARAS: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS ESTRELA NOVA

HARAS ESTRELA NOVA
Venha nos conhecer melhor no Instagram @haras.estrelanova.

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS FRONTEIRA

HARAS FRONTEIRA
HARAS Fronteira

HARAS CIFRA

HARAS CIFRA
HARAS CIFRA - HALSTON POR MARILIA LEMOS

HARAS IGUASSU

HARAS IGUASSU
HARAS IGUASSU A PROCURA DA VELOCIDADE CLÁSSICA - Foto de Karol Loureiro

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

sexta-feira, 25 de setembro de 2020

PONTO CEGO: A IMPORTANCIA DOS IMBREEDS NA FEITURA DE UM CHEFE DE RAÇA

Hail to Reason

Ainda em relação aos imbreeds e duplicações. Uma dúvida que pode pairar na cabeça daquele que investe no turfe, principalmente no setor criatório, é qual seria a importância dos imbreeds como fator de ajuda ou não, para um reprodutor no breeding-shed? Vamos por partes.

Em qualquer pesquisa, é necessário se estabelecer seu universo e eu creio que o que tomei como base, possa ser o mais fidedigno, pois, congrega apenas reprodutores que ganharam as estatísticas por prêmios ganhos, nos cinco mais importantes centros turísticos do planeta: Grã Bretanha, Estados Unidos, Australia, Japão e França.

Sir Gaylord

Chegamos a um total de 41 indivíduos de cinco tribos distintas, a se conhecer, Hail to Reason, Mr. Prospector, Nasrullah  Northern Dancer e Sir Gaylord, cada um destes com seu mensageiros que remontam a um total de 19 segmentos.

Este é o retrato do turfe moderno de primeiro mundo. Eles foram, aquilo que comumente rotulo, de os reis do pedaço.

Pois bem, tendo como base o que foi discutido acima nota-se que dos 41 elementos anotados, apenas sete tem aquilo conceituado como pedigree aberto. Logo 83% dos mais importantes reprodutores do planeta neste século, possuem pelo menos uma duplicação. E 17 dos mesmos, no mínimo duas.



Parece-me um dado importante ter no pedigree pelo menos um imbreed, para se ter a chance de se fazer um significativo reprodutor. Estamos falando de animais que venceram as estatísticas mais difíceis de serem vencidas, neste últimos vinte anos. Alguns, inclusive, em diversas oportunidades. Logo, estamos nos atendo a uma grande capacidade de transmissão de classe.