HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
JOLIE OLIMPICA BRAZILIAN CHAMPION 2YO - HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
NEPAL GAVEA´S CHAMPION 2YO - HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
Santa Maria DE ARARAS: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS ESTRELA NOVA

HARAS ESTRELA NOVA
Venha nos conhecer melhor no Instagram @haras.estrelanova.

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS FRONTEIRA

HARAS FRONTEIRA
HARAS Fronteira

HARAS CIFRA

HARAS CIFRA
HARAS CIFRA - HALSTON POR MARILIA LEMOS

HARAS IGUASSU

HARAS IGUASSU
HARAS IGUASSU A PROCURA DA VELOCIDADE CLÁSSICA - Foto de Karol Loureiro

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

quarta-feira, 28 de outubro de 2020

PONTO CEGO: UMA ESTRELA QUE PARECE QUERER BRILHAR NO AR.


Vocês tiveram a oportunidade de notar a carreira de Cherie VI? 

Foi em Cidade Jardim no fim de semana do Grande Prêmio São Paulo. Ela voltou, desta feita dividindo a raia e chegando numa pista não muito santa, a um segundo do recorde. Sei que é prematuro tecer qualquer observação mais aprofundada para o assunto. Estamos falando de páreos de perdedores. E existem muitos que tentam denegrir o que acontece hoje em Cidade Jardim. Eu não. Volto a repetir que o bom cavalo pode vir de qualquer lugar. E não são poucos o que vem do Old Friends. Outrossim, a forma como se movimenta e da maneira que tratou suas adversárias, algo me diz que podemos estar a frente de algo diferenciado.

Sua mãe Pippa, ganhou oito de doze inclusive o Suckow e o ABCPCC, o que a eleva a categoria de uma das maiores velocistas que este pais teve o ensejo de ver. Tratava-se de uma importada no ventre filha do dotado de extrema velocidade Belong to Me (Danzig), na ganhadora de grupo 3 chilena, Madour (Hussonet). Desresoeitando a regra do que vem na barriga do hemisfério norte, poucas chances tem de provar sua qualidade em pista, Pippa, além de se mostrar ótima em pista dá os primeiros indícios que poderá fazer também o seu nome no breeding-shed.


O pai de Cherie VI, dispensa comentários. Trata-se de Put it Back. A linha tronco dela é a 9-e, consagrada em nossas terras, por já ter em sua descendência 46 individuais ganhadores de grupo no circuito brasileiro, sendo 20 de graduação máxima. Para quem possa achar que isto são números normais, lembro que até aqui apenas 12 linhas troncos conseguiram ter em sua descendência mais de 40 individuais ganhadores de grupo e a 9-e, além de estar entre elas, é a sexta por quantidade de individuais ganhadores.

O tempo, como sempre se encarregara de colocar as coisas em seus devidos lugares. Mas que ela me fez respirar de forma distinta, garanto a vocês que sim.