HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
JOLIE OLIMPICA BRAZILIAN CHAMPION 2YO - HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
NEPAL GAVEA´S CHAMPION 2YO - HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
Santa Maria DE ARARAS: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS ESTRELA NOVA

HARAS ESTRELA NOVA
Venha nos conhecer melhor no Instagram @haras.estrelanova.

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS FRONTEIRA

HARAS FRONTEIRA
HARAS Fronteira

HARAS CIFRA

HARAS CIFRA
HARAS CIFRA - HALSTON POR MARILIA LEMOS

HARAS IGUASSU

HARAS IGUASSU
HARAS IGUASSU A PROCURA DA VELOCIDADE CLÁSSICA - Foto de Karol Loureiro

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

segunda-feira, 9 de novembro de 2020

PONTO CEGO:: BRILHO NOS OLHOS


Volto a impressão que muito me marca. Impressionou-me muito, o brilho ho olhos de Julio Bozano, quando recentemente em seu haras em Bagé, conversamos sobre um garanhão nacional, Sabinus, que ele adquiriu na liquidação de Julio Cápua. O tempo passou e novamente volto a me impressionar com a chance que este mesmo criador, está dando na Argentina, a um reprodutor brasileiro; Daniel Boone (foto abaixo).

Pelo que entendi foram 100 éguas esta temporada de monta, se não me engano sua terceira e creio que nem Clackson em seus áureos tempos recebeu tanto apoio.



Este é o apoio que outros reprodutores nacionais deveriam aqui ter. Não teria sido isto uma ajuda essencial? Se Daniel Boone cumprirá com a fé nele depositada, não sei. Vi sua primeira geração, a vendida este ano em leilão virtual, e me chamou muita a atenção sua dominância física. Lembrou-me bastante a Tumble Lark, que quando você via um, podia ter certeza de ter visto quase todos.  

Daniel Boone foi um excelente cavalo de corrida, sempre enfrentado aquilo que parecia ser seu problema maior: um forte temperamento. Mas exalava aquela vontade de vencer que separam os diferenciados dos muito bons. Não tenho certeza absoluta, mas nunca o vi chegar numa pior situação que uma terceira colocação. Venceu os 2,000 metros do Francisco Eduardo de Paula Machado - batendo a meu Drollig - como um craque. E arrisco a afirmar que craque ele o foi.

No tocante a genética, diria ser este, juntamente com seu fisico, dois pontos igualmente fortes. Trata-se de um Wild Event, que é o recordista brasileiro na produção de individuais ganhadores de grupo, numa importada de primeira linha, que tem como estrutura materna Street Cry, Caerleon, Blushing Groom e Lyphard. Quem achar ser pouco, apresente uma pelo menos igual... Por sua vez descende da 22-d, pelo ramo da ganhadora do Arco, Gold River. Como pode ser constatado abaixo.

Sempre digo que escrever é como pular em um buraco negro, onde você não tem a mínima noção de quem vai ler e de quantos vão entender. Pois bem, Julio Bozano tem plena certeza que jogar 100 éguas em um reprodutor, é como se jogar em uma piscina, sem saber se ela esta cheia ou vazia. Só vai descobrir, depois de repetir a dose pelo menos por mais três anos. Agora, imaginem em um reprodutor nacional, produzindo uma vasta de quantidade de filhos, para correr na Argentina? E dá certo!

O mundo sempre lembrará dos corajosos, tendo eles caído na primeira bala ou saído vitoriosos da guerra com uma medalha.