HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

PEQUENO PAPO DE BOTEQUIM: o IRMÃO DO IRMÃO


Eu sempre tive medo das irmãs daquela menina que eu achava um avião. Quando tinha um amigo que namorava um avião e ele me convidava para sair com a irmã, eu imediatamente recusava o convite, inventando a primeira coisa que viesse a minha cabeça.

No turfe o irmão do bom nem sempre causa em mim um bem estar. Desconfio deles. Quando inventaram de trazer Miesque´s Son, apavorei-me. Ele era irmão de Kingmambo, que foi um craque nas pistas e vinha provando seu valor no breeding-shed. Alertei meus clientes sobre o perigo, mas infelizmente não foram todos que deram ouvidos.

Há de se convir que ser filho de Mr. Prospector na grande Miesque e ter sido segundo em duas provas de graduação máxima, normalmente o poe na categoria de garanhão desejável. Mas eu não sentia este apreço por Miesque´s Son. O vi correr e ele não me inspirou a mínima confiança.

Ai ele produziu a Whipper, que era na verdade um baita de um cavalo de corrida. limitado na distância, mas dono de uma velocidade e um brilhantismo impossíveis de serem negados. Ai um fã de Miesque´s Son caiu no meu ouvido. Que só cobrira duas éguas devido a eu não gostar do cavalo. Que deveria ter coberto dez éguas. E aquelas outras coisas dignas de um profeta do acontecido.

Ai tive o trabalho de me sentar com ele, e o fiz vez, que Whipper tinha como mãe Myth to Reality, uma honesta ganhadora de três listed races, de um pedigree espetacular. tratava-se de uma filha de Sadlers Wells numa irmã inteira de Shirley Heights. E complementei, que devia de ser dali que vinha a qualidade que Whipper apresentara como corredor.

Pois bem, o citado amigo imbuiu-se de coragem e pediu a mim para ver da possibilidade de se trazer Whipper para duas temporadas no Brasil. Consultei e levei um fora. Seu pai tinha qualquer tipo de negócio. Mas o filho nem pensar.

Whipper não foi no breeding-shed nem sombra do que mostrara em pista, Coisas que acontecem. Mas creio que foi melhor do que Miesque´s Son, o que a primeira vista não me pareceu um grande feito, pois, ser pior que o Miesque´s Son, era difícil de imaginar.

Sempre fui patidário de se ter original. Não suas cópias ou irmãos  No Brasil tivemos muitos exemplos, de irmãos de consagrados reprodutores, que nada fizeram por aqui, e não deixaram o menor resquício de saudades. 


TIVEMOS O IRMÃO DE MILLENIUM, 
O IRMÃO DE HENRI LE BALAFRÉ
E O IRMÃO DE GHADEER
E ONDE ISTO NOS LEVOU?
A UM VAZIO SEPUCRAL!

Temos que colocar uma vez por todas em nossa cabeça, que a nivel de turfe mundial, poucas são as éguas capazes de gerar a dois elemento de exceção. E quando isto acontece, como Galileo e Sea the Stars, Pharos e Fairway, Sadlers Wells e Fairy King, dificilmente teremos consições financeiras de trazer, para fins reprodutivos, um deles.

Logo, o melhor é investir em algo, bom, mas que não seja necessariamente irmão de quem quer que seja. Ghadeer, Clackso, Waldmeister, Earldom, Locris, Tumble Lark, Fort Napoleon e tantos outros, não eram irmãos de ninguém.