HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

PAPO DE BOTEQUIM> O MEDO DE PERDER - SEGUNDA PARTE


Continuemos com a questão.

A potranca em questão ao qual foi dado o nome de Jurerê, me agrada. Porém, não estaria inserida num forte catalogo das vendas de Keeneland, porque o preço de comercialização da cobertura de seu pai, o reprodutor de primeira fornada Take Cheger Indy,  não é alto e sua mãe, a não corrida Weekendwithoutyou além de não ser classica, não produziu nenhum elemento ganhador de grupo. Trata-se de uma filha de Theyayyouare numa ganhadora por Danzig. Mas ao se analisar sua linha materna, descobriremos que esta mãe, se trata de uma neta de Weekend Surprise, que notabilizou-se primeiramente em pista e posteriormente no breeding-shed, ao produzir a um ganhador do Belmont e da Breeders Cup, A. P Indy e a um ganhador do Preakness Stakes Summer Squall.

Apenas a titulo de ilustração, Weekend Surprise era uma filha do triplice coroado Secretariat, numa mãe Buckpasser e esta uma filha de Sir Gaylord. O que objtivou uma insinuante duplicação em Somethingroyal. A meu ver uma ds forças motoras de seu pedigree.

Ai o leitor deve imediatamente se  perguntar. Ué se ela é neta de Weekend Surprise e Take Charge Indy, é filho de A. P. Indy, por que não estava em um catalogo melhor? Afinal estamos no reportando a um elemento com duplicação em Weekend Surprise - uma das grandes éguas do século passado. 

POIS É, ISTO É PRODUTO 
DE UM COMPUTADOR 
QUE SÓ ARMAZENA DADOS
PROGRAMADOS TENDO COMO BASE
APENAS O LADO FINANCEIRO DA QUESTÃO 
E QUE NÃO TEM A CAPACIDADE 
DE RACIOCINAR COMO UM SER HUMANO. 

Pois bem, meu caro Watson, computadores não form criados para raciocinar, todavia seres humanos sim. Não viu quem era cego, ou viram e não deram a minima bola. E afirmo isto sem o minimo resquicio de dúvida. Um catalogo apresenta um pedigree até a terceira geração e assim o nome de Weekend Surprise estava lá a vista de todos e duplicado.

Meus caros leitores, o turfe brasileiro não prima por investir pesado em vendas internacionais. Logo, a gente só tem a oportunidade de adquirir algo assim, quando o mercado se torna cego, ou simplesmente não acha importância alguma nestas estrutura genética e linha materna. Seria uma duplicação numa das mais importantes reprodutoras do século XX, prejudicial? Seria a 3-l, via esta importante reprodutora algo que não deve ser levado a sério? E o que dizer contra um reprodutor que foi excelente em pista e tem seu pedigree formado por dois champions, já consagrados tanto na pista como no breeding-shed? E ainda por cima, qualquer reprodutor de primeira fornada, não pode ser condenado. Mas o mercado tem um opinião, que deve ser respeitada.

Durante minha carreira de selecionador de produtos, consegui sucesso adquirindo filhos de reprodutores de primeira geração. Foi assim com Wild Emotions em relação a Wild Again, Little Baby Bear com Broad Brush, Indian Hope com Shadeed, Cara Rafaela com Quiet American, para se citar apenas algumas. Se seus pais foram consagrados reprodutores a seguir, isto muito me envaidece, pois, prova que vi algo neles, que poucos foram capazes de ver. 

Abro um parênteses, para não perder o hábito. Levei o criador e proprietario Aluizio Merlin Ribeiro para visitar o ainda inédito Medaglia d’Oro e vaticinei naquela oportunidade que ele seria o próximo must do mercado. O Aluizio está vivo e pode confirmar, como o Afonso Burlamaqui também em relação a Storm Cat, quando o mostrei recém retirado das pistas. Acreditem, ainda não consegui dinheiro suficiente para comprar uma bola de cristal, mas Deus me deu o poder da observação e goiabão eu nunca fui. Houve outros que errei. Faz parte do negócio. Fecho parênteses.

Desta forma reforça ainda mais, a minha premissa que é por ai que deveriamos tentar. Garanhões inéditos de primeira geração, estruturas genéticas e linha baixa, partindo-se do principio que o fisico lhe agrade. Se não der para escolher filhos de garanhões de primeira fornada, aceito até fracassados, mas que as outras condições que espus sejam mantidas em seu mais alto nível. Para mim, qualquer outra alternativa é válida, porém, esta lhe dá um plus, que se funcionar, certamente se transformará em um must, e ai estão Giulia, Estrela Monarchos e Notting Tomorrow, para provar a tese.

Quero deixar bastante claro, que a sentença está na cabeça de cada um. O que para mim possa parecer um óbvio, certamente não será para outros. E existirão até aqueles que acharão de uma cretinisse inolvidável. A pista - sempre ela - é que dará seu veredicto final, a esta e a qualquer outra questão.

A importância do que estou tentando dizer, é que mesmo nos maiores centros desenvolvidos do turfe, existe cegueira e burrice. Cabe a nós não copia-las e sim tirar proveito das mesmas. Quando algo que está publicado, e este algo enfatiza a participação de Weekend Surprise em posições tão proximas aos pais, não é visto ou respeitado, podem crer que é o principio do fim. E da mesma forma que o sucesso para mim tem que ter um início, o fracasso o leva ao fim, na forma de  não se aproveitar da bobeira alheia numa atividade tão disputada como a de cavalos de corrida, O erro dos outros, em minha opinião, tem que ser explorado, até suas últimas consequências. Sei que esta forma, não é a única chance de sucesso, mas com certeza, diria ser, a mais verossímel de se conquista-lo, utilizando-se do baixo capital de investimento, que pelas circunstâncias temos a nosso dispor.


A venda total do plantel do TNT está batendo as nossas portas. Repito, é uma das maiores perdas de nosso turfe o encerramento das atividades do Stud Estelinha, do Alvarenga e provavelmente do Stud Mandrake e dos haras São José da Serra e TNT. Mas não podemos desanimar e muito menos deixar que grandes linhas se esvaiam por ai. O grupo Black Opal entrou e está tendo sucesso, um detalhe que deveria ser um jubilo para todos no mercado. Precisariuamos na verdade de mais uma duzia com este espirito. Que estes lotes sejam realocadas e que alguém faça delas um bom proveito. Eu, como sempre, tentarei fazer a minha parte...