HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

domingo, 30 de outubro de 2016

PAPO DE BOTEQUIM: VAMOS FALAR NOVAMENTE DE DOMINÂNCIAS?

Sexta pela manha, ainda na madrugada do Rio de Janeiro, vi que alguém me mandara um e-mail pedindo que eu definisse melhor aquilo que sempre comentava quando falava de grandes garanhões: a dominância. E para ser um grande garanhã, era necessaria ter esta cracateristica?

Não sou um grande definidor de coisas. Acho que existem professores renomados como o Aurelio e o Huass que o são e por isto escrevem dicionarios. Aqueles livros pesados, igualmente reconhecidos como os pais dos burros. Contudo me lembro de meus tempos de Colégio Santo Inácio e de um padre que agora não me recordo o nome, que um dia nos contou uma certa faceta de Antonio Vieira, se não me engano, o missionario que rezou a primeira missa no Brasil. Se eu estiver enganado me desculpem. Estou num avião a caminho de Porto Alegre sem Internet, a atual mãe dos burros.

Ele disse que o grande inibidor da luz não era a escuridão e sim uma luz maior, capaz de ofuscar a primeira que posteriormente desligada, não iria fazer nenhum diferença. Foi um papo de Deus, santos e o demônio. Coisas, que em nosso tempo de crianças, atemorizavam a mente. Mas a verdade é que nunca me esqueci desta citação.

A dominância seria a luz maior. Mas ela não impede que outras luzes, não tão brilhantes não possam iluminar a escuridão. esta é para mim a diferença entre o grande garanhão e um grande garanhão. Ambos transmitem a luz, outrossim, um apenas que com maior intensidade, impera. E o caso de Galileo. Mas seria Dubawi menor? Neste caso, eu diria que ele também é possuidor da luz maior, assim como Danehill, Sadlers Wells, Danzig, Northern Dancer. Mr. Prospector, A. P. Indy e uns poucos mais. 

Porém, por estas coisas que não podem ser explicadas. dificilmente o melhor reprodutor de um iluminado é aquele que em pista foi o melhor. E este que leva a corrente para a frente, pode ou não ser dominante. Isto é o que separa a transmissão linear, no conjunto da obra, aqui representado pelo resto do pedigree.

Isto é temático? Claro que é. Porém, você tem que entender muito bem este conceito na hora de fazer cruzamentos, pois, se você quiser uma limonada, não a conseguira, com um bando de maças.

Vamos jogar conversa fora. Porque secretariat, o maior cavalo que os Estados Unidos já criou, não foi o reprodutor que todos achavam que seria? Ele era filho de um cruzamento feito entre um portador desta luz maior, com a filha de um outro, respectivamente Bold Ruler e Princequillo. Secretariat era tudo aquilo que um criador de cavalos de corrida pediu a Papai Noel, e o bom velhinho, que de bom a meu ver não tem nada, não trouxe na noite de natal. Era lindo, atlético e corria muito, eu digo Secretariat, não o tal do Noel. Cobriu as mais ousadas éguas do planeta e pouco deu, Quando deu foi arrasador, Rising Star, general Assembly e Lady Secret, mas muito pouco dentro do que ele próprio foi em pista.

Mas hoje a duolicação em Secretariat é mais que um must. Funciona, na grande maioria das vezes, mas dificilmente em razões abaixo da 4x4. Isto apenas me induz a pensar que ele se aproximou tanto da perfeição que foi quase impossivel fazer valer aquela sua imensa luz. Precisou de tempo e três gerações para ela voltar em forma de duplicações, após três gerações. 

Complicado de entender? Como tudo que é conceito, as vezes não é bem entendido. Eu por exemplo custei a crer que a terra fosse redonda, até me mostrarem uma fotografia do sistema solar, e foi então que notei, cono não só a terra, como os demais planetas e próprio sol, eram igualmente redondos. Parece que era ba forma em moda, na época da criação, e parece que se levou milênios até um chines sacar e criar a roda. Como pode se ver a humanidade, como a unanimidade é burra.

Mas voltando aos trilhos, pois, não me sinto um trem fantasma como dona Dilma, eu diria que poucas são as suceções que se mantém inabaladas. A estabelecida por Northern Dancer, Sadlers Wells e Galileo, é uma delas. Quem duvidar que se enterre num campo de areia movediça, pois, merece. Contudo há de se convir que embora que Northern dancer tenha sido o melohor filho de Nearctic, Sadlers Wells não foi o de Northern Dancer e muito menos Galileo de Sadlers wells, Mas a condução desta luz maior, dependeu deles. E acho que desafianda a lei das probabilidades, poderá vir um quarto elemento a manter esta hegemônia, e talvez este elemento não seja Frankel.

Por sua vez, Danzig também não foi o melhor filho de Northern Dancer, e olha que o invicto produziu dezenas de cavalos, a meu ver, superiores a Danehill e esta a Redoute’s Choice. Mas está estabelecido outra corrente életrica que dispensa comentários. E com a diferença de ser em dois hemisfdérios distintos.

A diferença, é que por exemplo A. P. Indy com certeza foi o melhor filho de Seattle Slew em pista, outrossim, tapit não pode ser considerado entre os dez melhores que produziu. Talvez dez seja um número modesto... Simplesmente não se explica, pois, quando no turfe algo tem que ser explicado, normalmente você se complica.

E neste momento em que eu me prevaleço de minha tese, que se uma vez pode ser considerada sorte e duas até coincidância, três é porque se sabe o caminho. E dentro disto meu caro leitor que quer uma definição para o que seria dominância, eu esperoque estes três segmentos tribais, possam exemplificar esta luz maior na arte de transmitir caracteres.


Mas você não pode simplesmente tirar de Hyperion o mérito de ter ganho seis nestatísticas para reprodutores, quatro a mais que Nearco. Mas por ironia do destino ou o mais provável, não ter sido um prepotente, acabou por ser dominado por outras tribos.