HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

PAPO DE BOTEQUIM: DA OBRA CLÁSSICA AO FUNK

Nada pode ser considerado findo. Houve uma época de grandes compositores clássicos que perdurou por mais de três séculos. Ali foram escritas as maiores óperas e sinfonias. E o tempo não as tornou obsoletas. Muito pelo contrário, elas ainda sucitam emoções, mesmo para aqueles que as ouvem pela primeira vez, pois, beleza não tem idade. Apenas não houve mais incentivo aos músicos de continuar aquele tipo de obra. Muito trabalho e pouca recompensa. Hoje um cara faz uma musica funk, que nem letra tem, e fica milionário, da noite para o dia. E os exemplos marcam. Mozart morreu e foi enterrado como indigente. Houve alguém mais completo em música que ele? Sinais dos tempos? Talvez. O Funkeiro morre de overdose, é uma romaria vai a seu enterro. 

Na última vez que estive em Londres, tive o prazer de ver a London Philarmonic apresentar uma obra escrita em 2003 por Peter Boyer, intitulada Symphony número 1. Uma verdadeira obra prima. Logo, nada é obsoleto. Obsoleto é aquele que acha que as coisas em torno de si estão ficando obsoletas.

Outro dia em uma troca de mensagens com um jovem proprietario para o qual selecionei uma potranca nas vendas de Setembro de 2016, me passou informações do desenvolvimento de sua potranca. Dois fatos que ele citou me chamaram a atenção. Disseram os responsaveis por seu treinamento que ela quando ve a reta se transforma e em uma outra passagem se houver alguém à sua frente, ela quer ultrapassar, mesmo estando ainda verde.

Para mim, a maior qualidade de um cavalo é sua vontade de ganhar. Quando um cavalo se transforma numa reta ele está sinalizando a  quem observa que ele gosta de correr, o que já me parece um excelente sinal. Tudo que você exerce gostando, com amor, tem um melhor sabor e um maior resultado. Quando ele sinaliza que  quer ultrapassar os outros, mesmo ainda não estando madura, é o que reverencio como a vontade de ganhar.

Você pode se enganar, pois, existem os tigres da manhã que se tornam gatinhos selvagens a tarde. Mas no compto geral, o diferenciado já se mostra cedo. Isto é com raríssimas exceções. Pois existem também aqueles que acreditam na lei do Didi e do Gerson, treino é treino, jogo é jogo. E escondem o verdadeiro jogo. Eu me sinto mais seguro com aqueles que confirmam a tarde, aquilo que demonstraram pela manhã. E como é bom receber a noticia de seu treinador que algo de especial está acontecendo em relação a seu cavalo.

Eu estava em Keeneland, e vi o Lukas cercado por uma orda de jornalistas. Como sempre, passei direto e ouvi um chamado: Renato! Ele se afastou do grupo que o cercava e veio até a mim. Perguntou, você tem alguns segundos? Amigos creiam, nos anos 90, quando Lukas pedia a você alguns segundos, era bom negócio lhe dar uma eternidade. E sua frase está marcada até hoje em minha memória. Sua potranca é especial. Talvez o que melhor tenha em meu barn.  Na verdade a potranca não era minha, era do Gonçalo. Eu apenas a selecionara em Setembro. Seu nome Cara Rafaela.

Ai eu perguntei ao Lukas, o porque de sua observação. E ele me falou da vontade que ela tinha em passar os outros, mesmo não estando ainda pronta para passar por ninguém. As vezes fica-se apenas na vontade. Mas creiam, isto não é a regra. Querer passar e gostar do que está fazendo, é que é a regra do cavalo diferenciado.

E isto é o turfe. O eterno sonho de se galgar um degrau cada vez mais alto. Que os jovens de hoje, não deixem de acreditar no sonho. Que estudem para os tornar realidades. Os exemplos estão ai. Basta saber captar as mensagens. E depois separar o joio do trigo.