HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

PAPO DE BOTEQUIM. UM DOMINGO DE SURPRESAS

Ceu de Brigadeiro


Sou do tempo que o Piratininga era a maior prova de Cidade Jardim, para a pista de areia. Eram campos numerosos, com três ou quatro cavalos considerados de primeiro nivel, Não é o que se viu este domingo no hipodromo paulistano. Apenas seis incritos e nenhum nome de real destaque.

Porém, foi uma carreira que assim mesmo me impressionou, já que Cowboy Purse livrou uma significativa vantagem sobre seus adversários e não esmoreceu na reta final. Ganhou bem, e fez aquela teoria do senhor Atualpa Soares em meus ouvidos. Nunca deixe um cavalo folgar na frente, pois, ele se agigante e o seu, por não te-lo em seu raio visual, não apresentará a competividade necessaria, para tirar a diferença.

Eu juro que sempre tive Cowboy Purse em meu radar, desde a sua estréia e também sou obrigado a confessar, que ele nunca fez juz a meu interesse nele depositado. esta foi a sua sexta vitória e a segunda graduada, mas para um cavalo de mãe importada, da familia 21-a, cuja quarta mãe foi a clássica Heavenly Cause, com imbreeds em Private Account na razão 2x4 e Northern Dancer 5x5x4,

Heavenly Cause foi a champion 2yo, ganhadora do Kentucky Oaks  e tordilha, filha de cinco mães tordilhas, uma coisa que o senhor Atualpa, sempre me lembrou que eu não devia deixar a passar desapercebido.



Para mim, o classico Luiz Alves de Almeida tinha uma importância diferente. Queria ver como se saiam os dois produtos do Smith de Vasconcellos e seu novo reprodutor Que Fenomeno, uma cavalo que reputo importante em termos genéticos. Correram bem, outrossim, quem me impressionou foi um tal de Jadir na Gávea, que estreou e meteu um tempo descomunal. Como se trata de um filho de Soldier of Fortune, que deve transmitir stamina e melhores resultados com a idade, acho que é para se ficar de olho nele.

Como de olho, a gente nunca deve deixar de ter em alguém que em nove corridas ganhou seis, como é o caso de Double Talk. Num pareo que ela deveria tomar a ponta e Comandante Dodge correr quieto, uma largada não esperada fez ela largar mal e correr em último e seu principal adversário, largar bem e assumir a vanguarda. Moral da história, ela mesmo assim ganhou e Comandante Dodge não compareceu na dupla.

Fidedigno

Evidente que as primeiras provas da triplice coroada carioca eram o meu alvo, mas eu tinha muito interesse de ver o embate de Fidedigno e Paint Naif, num 1,500 na grama. Pois, acredito entre os mais velhos, são dois nomes importantes na milha, como o são Daniel Boone, Drollig e Ceu de Brigadeiro, que pode voltar a milha ou se manter nos 2,000metros. Estes, justamente com alguns três anos, formam um grupo realmente competitivo na milha,

Como era esperado, Fidedigno foi para a ponta e Paint Naif se manteve em último. E assim chegaram. Tempo excelente, sem que o vencedor tenha sido exigido ao fundo. Elemento de fisico, com bom pedigree - já que se trata de um Forestry em mãe Orpen, descendente direta da champion older mare Quip Mask - e sete vitórias para 14 apresentações, acho que ele devia ser um cavalo a ter chance reprodutiva.

No Regrets

Caelum, a quarta de de No Regrets, foi uma milheira de primeirissima linha. Era uma tordilha pequena que correu quatro carreiras e ganhou três. Pois bem, E por estas coincidências da vida, No Regrets alcança sua terceira vitória em sua quarta apresentação oficial. Quando ela ganhou na areia, muita gente achou que ela não pudesse ser na grama o que provou ser na areia. Ledo engano. Ela é aquele tipo de potranca, que corre na areia, na grama e até no asfalto se for necessário. Não deixou duvida alguma, neste fim de semana, ser a lider desta geração até a milha, pois as três coisas mais importantes em seu pedigree, Fluke, Jules e Caelum, sempre foram elementos mais chegados a esta distância.

Caelum era uma exceção. Nascer, ser filha de Hang Ten, e correr como corria, já me pareceu um milagre, porém o que dizer da mãe de No Regrets, cuja mãe é uma Troyanos em mãe Duke of Marmelade, capaz de gerar um ganhador do GP. Brasil e agora do Possolo? Caelum, ganha o trofeu daquela que mais desaforo recebeu e se manteve viva pela grande classe que sempre teve e transmitiu. Quanto a Fluke, um descendente de Donnegale, aqui mesmo afirmei que foi uma das grandes perdas da criação nacional. Parece que não estava errado...

Guaruman

No mais 1'32"90 é tempo para ninguém colocar defeito. Está certo que a pista estava para tempo, mas isto não espelha a verdade, apenas justifica a excelência da vitória, que a meu ver foi insofismável. Guaruman, domingo dificilmente seria batido. Correu com a seriedade profissional de um cavalo experimentado, e que chega a sua quarta vitória em sua oitava carreira. Eu tinha três cavalos de meu interesse, Um chegou terceiro, o outro quinto e o que parecia estar em forte evolução na reta, quease foi levado ao chão.

Isto é um problema que deveria ser melhor resolvido. ;uito cavalos no campo, e muitos parando demais na reta, crianco um trânsito para os cavalos que vinham de trás. English Major, esyava lindo, mas já no canter mostrou estar nervoso. Tinha uma tarefa dificil. Voltar depois de longa inatividade e exercer a sua superioridade. Trocou pelo menos três vezes de mãos na reta final e não apresentou aquela sua aceleração final que parece ser a sua marca registrada. El Shaklan, pagou o preço do excesso de carreiras e o sistema sanfona de ir a distância e voltar. Edotto, me pareceu sem passagem na reta por algum tempo, acabou sendo quarto. Seu faixa New In Yown foi pegar Impeachment - que deu pinta de vencedor nos 300 - encima do laço pela segunda colocação.

Guaruman é um filho de Siphon em mãe Yagli, mas sua vÕ Ukraine Girl, ganhou a Poule d'Essai des Pouliches (Gr.1)

Foi um ganhador surpresa, mas da maneira que se comportou e ganhou, creio que não é mais surpresa para ninguém. Guaramun é for real!