HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

sábado, 18 de março de 2017

PAPO DE BOTEQUIM: AONDE QUEREMOS CHEGAR



Noticia não é apenas para ser lida. Muitas vezes ela tem que ser interpretada. Hoje, por exemplo, corre uma das mais importantes carreiras para éguas nos Estados Unidos, o Santa Margarita Invitational Stakes (Gr.1) com a prença de duas representantes argentinas, sendo que uma delas, acredito eu será feita favorita. Alguma brasileira?

O que isto representa, que a Argentina importou visando a criar uma raça que poderá bem os representar nos Estados Unidos, que querendo ou não, é o mercado mais forte em aquisições de elementos sul-americanos. Para isto teve que abdicar do cavalo para o Pellegrini - que assim mesmo ganha - para criar o cavalo de meia distância no dirt. Fizemos o mesmo? Shanghai Bobby e Discreet Cat, talvez tenham sido as duas únicas alternativas

Estariam eles errados? Respondo fazendo uma pergunta: Você gostaria de ganhar a Copa de Plata ou o Santa Margarita Invitational? Se a opção fosse somente uma, é evidente que optaria pela prova norte-americana.

Mas não sá para ganhar o Santa Margarita Invitational Stakes, com Maduro, Refuse to Bend, Shirocco, Rock of Gibraltar,  Roderic O'Connor, Soldier of Fortune ou outros deste tipo. E a pergunta que não deixa calar. Estes propiciairam a nós ganhar o Arco ou o King George? Se não, porque os trazemos? Para chegar a um lugar nenhum? Porque nos mantermos escravos dos Maktouns e da Coolmore, que nos oferecem, aqueles que são recusados na Australia e Africa do Sul? Porque parece que estamos nas mãos de dois ou três grupos que importam reprodutores, e não se mostram profissionais.

Não quero que com isto pareça que esteja acusando alguém de desonestidade? Eu preferiria ficar na ingenuidade. Mas a verdade é que nossas últimas importações em shuttle, não nos levaram a lugar algum. Cite uma, nestes últimos dez anos.

Val Dori, a argentina que indubitavelmente será a favorita do Santa Margarita, é treinada por Baffert e pertence a Prince Mohammed. E o que mais sugestivo tenho a comentar, é que seu pai não é um elemento de shuttle. É o aregntino Asiatic Boy, que provou ser competitivo fora de suas fronteiras.  Para bom entendedor, meia palavra basta.

Este assunto dá pano para mangas e terá consinuidade, logo que possivel. Mas deixo aqui a minha pergunta: aonde queremos chegar?