HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

quinta-feira, 16 de março de 2017

PONTO CEGO: DE BALZAC A PAULO FRANCIS


Ontem tive contra mim, outra acusção. Sou elitista !

Qualquer turfista tem o direito de não levar a minha opinião a sério, sobre qualquer ato administrativo de um hipódromo. Seja Gávea, Cidade Jardim, Tarumã e Cristal, para se citar apenas os quatro de maior importância. Afinal não sou sócio, não voto e por incrivel que possa parecer, não sou elitista, como são acusados os proprietarios que tem cavalos de corrida. O que me parece um erro de quem assim o acusa,

Sim, embora já tenha sido acusado de o ser, em mais de uma oportunidade, quero deixar bastante claro que não sou. Que culpa tenho eu de ter nascido em um pais, em que o salário minimo não permite sequer o trabalhador comprar um livro para seu filho. Que um ex-presidente, que graças a Deus está a caminho do xilindró, afirmou que nunca preciou ler para chegar aonde chegou. Como sua viagem finalmente esta direcionada a Papuda, ele até que não está muito longe da verdade, em relação a sua aversão aos livros.

Tive minha formação moldada em escola jesuíta e com eles aprendi a respeitar a transcendência do real, e que muitas vezes não tem como foco básico a defesa dos fracos e dos oprimidos, porém obtive com eles a maleabilidade de excluir de minha vida, os atrasos de antanho. A gente tem que lutar pelo pão de cada dia, seja ele limpando uma rua, ou comprando cavalos de corrida, Se subi apenas uma vez o Cristo e o Pão de Açucar, e a torre Eifel umas três vezes, é um problema meu. Isto não o faz um elitista. Isto o faz um cara curioso em ver coisas distintas.

Também, acho ler importante e isto não o faz erudito e muito menos um elitista. Aprendi a ler, e graças a algumas boas almas, fui direcionado a ler escritores capazes de motivar o pensamento maior. Balzac, Flaubert e Strendhal a mim foram indicados e por mim consumidos, como porteriormente as colunas de Paulo Francis, Nelson Rodrigues, Antonio Maria, etc e etc e tal. Apreciei bastante minha jornada de Balzac a Paulo Francis. A faria novamente se necessário fosse, Mas admito, que para muitos brasileiros, soa qual sânscrito.

Nunca prezei a esquerda, e não sei se obrigar ao operário ler Guerra e Paz e Ana Karenina, faz da Rússia, um pais que preza pela cultura e muito menos pela educação de seu povo. Elista para mim, é o cara que mora numa cobertura da Vieira Souto, vota na esquerda, bosteja muito mi-mi-mi, mas de jeito algum gostaria de dividir aquilo que conquistou, com qualquer ser humano sequer. Mas não é propriamente sobre isto que quero tomar o tempo dos que aqui chegaram. Houve um eleição no jóquei de São Paulo ganha pela oposição. E o primeiro ato da mesma foi publicar uma fotografia, com aqueles que encabeçam a chapa. Vocês querem saber o que eu acho disto? SENSACIONAL!

É isto que reputo dar a cara a bater. Neste grupo devem fazer parte um grande contigente de gente que realmente investe pesado na atividade e finalmente assumiram a responsabilidade para si. Mostraram as suas caras e devem agora, arregaçar as mangas de suas camisas e levantar aquela instituição que nunca poderia estar no lugar que ora se encontra.

Dizem os mais velhos que uma fotografia vale mais que mil comentários. Esta é a forma de gente séria agir. Mata a cobra e mostra o pau - subentendido aqui, ser um pedaço de maneira...Não vou discutir se A ou B, é o responsável pela situação em que se encontra o turfe paulista. Sei apenas aquilo que observo, e afirmo com pureza de alma, que de uns anos para cá não gostei do que vi.

Que sejamos unidos na grandeza que é o turfe e que Deus se apiede de nossas almas elitistas e pensadoras.