HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL

HARAS SANTA RITA DA SERRA - BRASIL
HARAS SANTA RITA DA SERRA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS REGINA

HARAS REGINA
HARAS REGINA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO

HARAS FIGUEIRA DO LAGO
HARAS FIGUEIRA DO LAGO - São Miguel, São Paulo

STUD H & R

STUD H & R
STUD H & R - TOQUE NA FOTO PARA VER UM UM GP. BRASIL QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS

HARAS SANTA MARIA DE ARARAS
AEROSOL, MESMO DEVOLVIDO PROVOU SER CRAQUE: TOQUE NA FOTOGRAFIA E VENHA CONHECER O BERÇO DE CAMPEÕES

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO

HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO
ONDE A VELOCIDADE IMPERA - CLIQUE NA FOTO PARA CONHECER NOSSO PROJETO

HARAS NIJU

HARAS NIJU
toque na foto para conhecer nosso projeto

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA

HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA
HARAS SANTA LUZIA DA ÁGUA BRANCA: VENCEDORES INTERNACIONAIS EM TRÊS CONTINENTES

albatroz bloodstock agency, Inc.

albatroz bloodstock agency, Inc.
albatrozusa@yahoo.com

quarta-feira, 7 de junho de 2017

PAPO DE BOTEQUIM. O CONHECIMENTO PROFUNDO DA GENÉTICA - PARTE 2


Considero Unbridled, um dos mais importantes reprodutores da era moderna do turfe americano. De um mesmo patamar que A. P. Indy, Deputy Minister e outros. Ele me convenceu como cavalo de corrida, não por ter ganho o Kentucky e Florida Derbies ou a Breeders Cup Classic em 1990. Mas sim quando voltou em 1991, e bateu a um dos maiores sprinter-flyers já criados nos Estados Unidos, Housebuster, nos 1,400m do Deputy Minister Stakes, no antigo hipódromo de Gulfstram. Eu estava lá. Vi e custei a acreditar. Mas ele caracterizou-se, com aquela carreira, em minha mente como perfeito exemplo de um atleta dotado da velocidade atravez da distância. Como Nearco, Seattle Slew, Hypweion e Northern Dancer.  

A chamada para a carreira foi Battle of Champions, pois era o encontro entre o champion 3yo contra o champion sprinter. Outroosim, o que deveria ser uma batalha, transformou-se numa chacina. Para se ter uma idéia, na reta oposta com os primeiros 400 vencidos em 22" cravados, a distância entre Unbridled, que corria ultimo e Housebuster, que estava colodo ao lider da carreira, eram de exatamente 18 corpos. Sempre trazido junto aos pais na pequena entrada da reta florideana, com Housebuster já ponteando, a diferença ainda era de seis copos, mas o que se viu, quando Unbridled foi convidado a abandonar a cerca, me deixou estupefado. Unbridled passou por Housebuster, como estivesse enfrentando a um cavalo do mais baixo claiming. Venceu a galope, por vários e ainda com a melhor marca desta carreira em seus quatro anos de disputa nos 1,400 metros. Quase um segundo a frente da segunda marca e dois das duas outras disputas.


Foi ali que se sedimentou mais ainda minha crensa na velocidade através da distância. Mas por que Unbridled (foto ao lado) podia ganhar na ºarea dos sprinters batendo até o champion desta modalidade? E o que acho, é seu significativo imbreed na égia de claiming, na razçao 4x4, Aspidistra.

Aspidistra foi sempre uma égua de claiming, sem nunca ser claimiada. Ganhou duas de suas 14 tentativas e seu proprietario, ao final de sua campanha, teve que sentar na bucha. No breeding-shed, 14 igualmente foram seus produtos registrados, mas dentre os mesmos, dois champions em se tratando de velocidade, Dr. Fager e Ta Wee. Duplicado em Aspidistra e imbreed em outro reconhecido transmissor de velocidade, Rough'n Tumble, Unbridle, filhodo milheiro Fappiano, tinha que ter aquele toque de velocidade, memo sendo isicamente um cavalo de fundo.

Unbridled's Song foi precoce, veloz, de grande capacidade locomotora, mas que pertencia a um proprietario sui-generis, que anos depois foi acusado de crueldade com os animais em seu haras.


Unbridled's Song

Como Unbridled's Song, Arrogate tem aquele rompante de partir para a briga, logo em seu inicio e com a stamina herdade de seu avô, ele é para mim um cavalo sublime.

Sou grato a este tordilho e explico porque. Dentre os chefes de raça, tipicamente norte-americanos, sempre tive in Reality, como um dos maiores. Era na minha opinião o último reduto do grande Man O'War, já que as outras vertentes tipicamente norte-americanas, já tinham ido para o brejo: Dominó, Ben Brush, Questionnaire e etc. E como os citados, Man O'War, montou sua tribo sem a ajuda dos grandes nomes europeus, como Bull L.ea, Nasrullah, Nearco e outros menos votados.

Chegou a hora de eu contar uma pequena história, no final dos anos 80, mais precisamente em 1987, eu passei a viver em dois continente. Seis meses nos Estados Unidos e seis meses no Brasil. Tentava lançar ancoras por aqui, mas não tinha um mercado no Brail que me desse real suporte. Gralas ao Antonio Claudio Assumpção, pude iniciar a minha saga, mas o dinheiro era curto e por exemploeu ia de Lexingyo para Miami, dirigindo. Um dia nestas andanças, resolvi não utilizar a 75, via Atlanta e seguir por outro caminho. E esta aventura me levou a passar em Birmingham, onde uma tarde de corridas verificava-se em seu hipódromo. Lá uma potranca castanha escura, estrear contra os machos e ganhar de ponta a ponta. Guardei seu nome: Carol's Folly.

Anos depois, eu estava em Lexington, quando um criador da Florida me pediu uma ajuda na seleção de uma reprodutora que ele queria incorporar a seu plantel. E juntos estudamos um lista, trazida por ele, de éguas que estavam no leilão. E quem lá estava? Caroll's Folly. Perguntei ao David, o porque a incluíra na lista, afinal era uma filha de Taylor's Falls, numa filha de Bob's Dusty. E ele respondeu que amava I(n Reality. E com amor não se discute.



Carol's Folly que havia ganho cinco carreiras em sua vida atlética - quase a metade delas - foi o meu pique, ainda mais que estava cheia de Glitterman, com o qual iria produzir a um produto 3x3 em In Reality e 3x5 em Bold Ruler.

Glitter Woman, o produto desta união foi criada na Gold orb Farm, do David, ganhou 10 de suas 23 corridas, inclusive uma prova de graduação máxima. O sucesso de Glitter Woman, propiciou ao David em pensar mais alto. Caroll's Folly estava cheia do garanhão da casa, Big Sal - um filho de In Reality - que um dia achara uma carreira de grupo 3 em Gulfstream Park, mas que não tinha nenhum gabarito, já que correra 77 vezes para ganhar 12 carreiras e terminou seus dias em um breeding-shed de Porto Rico. Decidiu-se por Unbridled, pois, sabiamos que embora fosse uma cobertura cara, o fato de ser um irmão da ainda promissora Glitter Woman, ela seria ressarcida, com juros e correção monetária. Tentava-se novamente o imbreed em In Reality.


IN REALITY

Carol's Folly não foi aceita para Unbridled, mas foi aceita para a segunda opção, seu filho Unbridle's Song. O imbreed em in Reality foi mantido, deu a luz a uma todilha sensacional que venceu a Breeders Cup Distaff e foi vendida por sete digitos. De Birghman para o Mundo, graças a imbreeds em In Reality. Pelo menos é assim que vejo